POLÍCIA

PM prende dupla por tentativa de furto e adulteração de veículo na Capital

Publicados

em


Policiais militares do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Metropolitanas (Rotam) prenderam dois homens, de 23 e 25 anos, por apropriação indébita, tentativa de furto e adulteração de sinal de veículo, na noite desta quinta-feira (10.02), em Cuiabá.

Os suspeitos estavam utilizando um carro de uma pessoa que já havia morrido, além de estarem com equipamentos para a finalidade de furtar outros veículos. O flagrante aconteceu por volta de 22h, durante patrulhamento pelo bairro Jardim Primavera.

Os policiais da Rotam visualizaram dois homens em suspeita dentro de um veículo Prisma de cor preta. Foi realizado procedimento de abordagem, quando foram localizados dois controles remotos que interferem no sistema de trava de veículos e dentro do carro havia ferramentas utilizadas para o furto de automóveis.

Em verificação minuciosa, os policiais também perceberam que a placa do veículo estava adulterada e, na checagem, descobriram que o veículo estava com documentos atrasados desde o nome de 2013, além de estar no nome de uma pessoa que, segundo o CPF, já havia falecido.

Diante da situação, os suspeitos receberam voz de prisão pelos crimes e foram conduzidos para à Central de Flagrantes para o registro do boletim de ocorrência e demais providências do caso.

 Disque-Denúncia  

 A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190, ou a partir do disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Força-Tarefa cumpre 61 mandados de prisão e busca e apreensão contra integrantes de facções criminosas em MT

Publicados

em

Força-Tarefa composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, deflagrou a Operação Dissidência para cumprimento de 22 mandados de prisão preventiva, 03 prisão temporária e 36 busca e apreensão nos estados de Mato Grosso e Rio de Janeiro contra envolvidos em crimes como homicídios, tortura e tráfico de drogas.

Durante as investigações da Força-Tarefa foi identificado que na região centro-norte do estado de Mato Grosso estaria ocorrendo uma guerra entre uma facção criminosa e sua dissidência pelo controle na venda de drogas, principalmente, no município de Sorriso, o que provocou um aumento exponencial em homicídios no município.

A Força-Tarefa de Segurança Pública instaurou um inquérito policial para apurar os fatos e, com um complexo trabalho de investigação e de inteligência, as equipes identificaram os líderes das facções na região, inclusive, de dentro do sistema penitenciário, bem como outros integrantes responsáveis por promover homicídios, torturas, tráfico de drogas, entre outros crimes graves. Também foi possível identificar uma mulher de 30 anos como uma das líderes do grupo criminoso, que residiria no estado do Rio de Janeiro e transitava com frequência entre os municípios do Rio de Janeiro e Macaé, locais onde possuía residência.

Foram cumpridos mandados expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso/MT nos municípios de Cuiabá/MT, Várzea Grande/MT, Sinop/MT, Sorriso/MT, Marcelândia/MT, Peixoto de Azevedo/MT, Terra Nova do Norte/MT, Tangará da Serra/MT, Guarantã do Norte/MT, Rio de Janeiro/RJ e Macaé/RJ. Também foram cumpridos mandados de prisão na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop; na Penitenciária Central do Estado e na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, ambas em Cuiabá e na Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo, em desfavor de criminosos que já se encontravam presos.

Além das equipes da Polícia Civil, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar, que incluíram cães farejadores com o intuito de busca por entorpecentes, também foram utilizados helicópteros do Centro Integrado de Operações Aéreas (Cioaper) e da Polícia Rodoviária Federal. A FTSP/MT tem por objetivo a atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado no estado do Mato Grosso.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana