POLÍCIA

PM frustra assalto em ótica e prende dupla em flagrante no bairro Cristo Rei

Publicado


.

Policiais do 25º Batalhão da Polícia Militar frustraram um assalto em uma ótima do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande e prenderam os dois suspeitos em flagrante delito. Os dois, um de 19 e outro de 15 anos, haviam acabado de sair do estabelecimento comercial levando diversos óculos, nove relógios de pulso, alianças e outros produtos em uma mochila.

A primeira abordagem partiu de um de um soldado do setor administrativo do 25º Batalhão que estava em missão burocrática externa. Esse policial viu uma movimentação estranha e ouviu pessoas pedindo ajuda nas proximidades da loja.

Os suspeitos ainda tentaram fugir, mas o reforço de equipes do 25º BPM e da Força Tática chegou rápido. Durante a ação policial um dos suspeitos, o de 19 anos, levou a mão na cintura fazendo menção de pegar a arma, porém foi abordado e contido. Com ele havia um revólver calibre 38 com seis munições, quatro picotadas e duas intactas.

Já o adolescente de 15 anos carregava a mochila com os objetos roubados. Os dois foram reconhecidos por proprietários e funcionários da ótica como sendo os assaltantes que minutos antes haviam invadido o comércio e levado as vítimas para a parte dos fundos da loja. Enquanto o suspeito maior de idade mantinha as vitimas sob a mira da arma o adolescente roubava e colocava os produtos na mochila.

Em áudios enviados ao comando do 25º BPM cidadãos do bairro agradecem a ação e elogiam a rapidez na chegada reforço policial. Os dois suspeitos e todo o material recuperado foram levados para a Central de Flagrantes do Cisc Verdão.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Polícia Civil prende um dos principais alvos de investigação sobre furto e roubo de gado na região metropolitana

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) cumpriram nesta terça-feira (27) a prisão preventiva contra um dos principais alvos da Operação Mahyas, deflagrada em agosto deste ano contra uma organização criminosa envolvida em roubo, furto e receptação de gado em municípios da Baixada Cuiabana.

O homem, de 46 anos, foi localizado na Capital pela equipe policial coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral. Conforme investigações da Derf Cuiabá, o alvo foi identificado como o responsável pela logística de transporte, ocultação, abate e revenda da carne dos animais roubados e furtados.

A operação Mahyas foi deflagrada no início de agosto para cumprimento de 53 ordens judiciais, entre prisões, buscas, apreensões e sequestro de bens contra alvos da organização criminosa que teve atuação identificada em várias cidades da região metropolitana de Cuiabá. Durante a operação também foram suspensas as atividades comerciais de três açougues que vendiam carnes de animais provenientes de abatedouros clandestinos.

Os mandados referentes aos crimes de organização criminosa, roubo majorado e furto qualificado foram cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Barra do Bugres e Nova Mutum. As ordens judiciais foram deferidas pela 7a Vara Criminal de Cuiabá.

As investigações da Derf Cuiabá iniciaram há aproximadamente um ano, devido à complexidade dos trabalhos na zona rural. De acordo com os levantamentos, a atuação da organização criminosa causou um prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.

Para praticar os crimes, o grupo criminoso rendia moradores e funcionários das propriedades, os mantendo em cárcere privado até realizarem o roubo dos animais, deixando o local somente após o gado ser desembarcado no local em que ficaria escondido.

A expressão ‘mahyas’ é uma das origens da palavra  máfia.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana