POLÍCIA

PM detém oito por tráfico de droga na Grande Cuiabá e cidades do interior

Publicado


.

Policiais militares de Cuiabá, Várzea Grande, Alto Paraguai, Barra do Bugres e Colíder prenderam de domingo a terça-feira (31.05 a 02.06), sete pessoas, sendo cinco homens e uma mulher por tráfico de droga. Um adolescente foi apreendido.

Na capital, no bairro Vista Alegre, os policiais do 9º Batalhão receberam uma denúncia apontando que um homem estaria traficando próximo a uma unidade de saúde. No local, os agentes confirmaram a informação. O denunciado carregava 16 pedras de pasta base de cocaína e dinheiro.  

Em Várzea Grande no bairro São João, a informação descrevia que um homem estaria traficando em sua casa. Quando a equipe chegou ao local, o suspeito tentou correr, mas foi contido. No imóvel, os policiais encontraram 16 porções de pasta base e dinheiro.

Ainda em Várzea Grande, os moradores disseram que um casal estaria vendendo droga. Os militares identificaram os denunciados e encontrado com o homem oito porções de maconha e dinheiro. Na residência, dentro de um pacote de fraudas, os policiais encontraram mais 28 porções de maconha.

Em Alto Paraguai, na região central, um homem correu ao ver a viatura. Devido a atitude suspeita, ele foi abordado e encontraram em seu bolso duas porções de maconha e dinheiro.

No bairro Cohab João Cristante, em Barra do Bugres, a equipe de Comando de Ações Rápidas, prendeu um homem com 16 porções de maconha, dinheiro e celulares. A denúncia apontava o suspeito como membro de uma organização criminosa.

A equipe de Força Tática em patrulhamento pelo bairro Cidade Alta, em Colíder, apreendeu um adolescente com porções de maconha que estavam escondidas entre pertences da sua avó. Os policiais descobriram a droga, depois que abordaram o jovem que exalava um forte odor de entorpecente.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Suspeito é preso pela PM por agredir e tentar matar a esposa em Sinop

Publicado


Em Sinop, a Polícia Militar prendeu um homem de 22 anos por homicídio doloso tentado, ameaça e lesão corporal, na noite de sexta- feira(30), no bairro Jardim Veneza. O suspeito havia tentado matar a esposa e foi imobilizado por populares que flagraram a vítima fugindo do marido para escapar das agressões. 

 

Por volta das 22 horas, policiais acionaram a PM via 190 para verificar uma ocorrência de violência doméstica na Rua Eliza Bortolozo, no Jardim Veneza. No local, a equipe de militares presenciou o suspeito já imobilizado, por uma testemunha, que contou que o homem estava correndo atrás da mulher e que após alcançá-la  teria derrubado  a vítima no chão; arrastando a esposa pelos cabelos para casa. A testemunha relata que foi ameaçada de morte pelo suspeito. 

 

De acordo com a vítima, o suspeito chegou em casa e lhe acusou de traição. A mulher ao negar os fatos, deu as costas para o marido, que  lhe agrediu; puxando os  cabelos da esposa que estava com o bebê nos braços. A vítima foi derrubada no chão e o suspeito esmurrou seu rosto, querendo  matá-la com uma arma de fogo, mas o revólver estava sem munição.

 

A vítima disse ainda que o marido usou o arma para enforcá-la e que ao tentar pegar uma faca para dar fim a sua vida, ela conta  que conseguiu fugir para rua e pedir ajuda que detiveram o suspeito. Os policiais verificaram que a mulher estava com lesões no pescoço,no rosto, na sobrancelha e na região da cabeça.

 

O homem foi preso em flagrante e conduzido à delegacia. 

A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

 

Serviço

 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana