turismo

Plataforma dá até 70% de desconto em viagens de ônibus entre cidades do Brasil

Publicados

em


source
BlaBlaCar lança promoção com até 70% de desconto em passagens de ônibus para quem realmente precisa viajar
Pinterest

BlaBlaCar lança promoção com até 70% de desconto em passagens de ônibus para quem realmente precisa viajar


A BlaBlaCar , plataforma de caronas de longa distância, está dando descontos de até 70% em passagens de ônibus para quem realmente precisa viajar. A promoção é válida para compras realizadas no mês de abril, mas as passagens podem ser utilizadas em viagens até o meio do ano. 

Entre as principais cidades de destino ou de chegada com preços reduzidos estão São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu, Florianópolis, Joinville, Londrina, Porto Alegre, Balneário Camboriú, Goiânia e Salvador.

A promoção se tornou possível com a parceria de viações brasileiras como Eucatur, Itapemirim, Nordeste, Ouro e Prata, Grupo Moreira, Santa Cruz e Unesul.

“Queremos não só continuar ajudando aqueles que realmente necessitam se deslocar com segurança, mas com um preço mais acessível, como também contribuir para que nossas viações parceiras ocupem parte de seu assentos vazios, especialmente em um momento delicado em que a saúde financeira das empresas deste setor está altamente ameaçada”, afirmou Igor Soares, Country Lead da  BlaBlaCar no Brasil.

Você viu?


Confira alguns trechos com desconto:

São Paulo ↔️ Campinas: a partir de R$ 26

Rio de Janeiro ↔️ São Paulo: a partir de R$ 39

Curitiba ↔️ São Paulo: a partir de R$ 64

Brasília ↔️ Cuiabá: a partir de R$ 143

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Propaganda

turismo

Poliglota dá dicas de como aprender novos idiomas sem sair de casa

Publicados

em

 

 

source
Anna Murakawa em Sydney onde mora atualmente
Reprodução / @annamurakawa.violin

Anna Murakawa em Sydney onde mora atualmente

No mundo moderno, não existem mais fronteiras. Graças à internet, a conexão com novas culturas e línguas é uma situação frequente e alcançável. “As pessoas que sabem mais de um idioma estão liderando os caminhos, pois conseguem se comunicar com mais eficácia, têm uma visão de mundo ampliada e estão abertas a entenderem diferentes culturas”, explica Anna Murakawa, de 31 anos, violonista brasileira que fala fluentemente sete idiomas.

Murakawa vive atualmente em Sydney, na  Austrália , e o aprendizado de novas línguas foi de extrema importância para seguir seu sonho em estudar música, ajudando a abrir portas e alcançar sonhos. “Aos 17 anos, saí do Brasil para estudar violino na Bulgária, sem falar inglês e nem tampouco búlgaro. Passei por muitos momentos ruins e me senti humilhada diversas vezes, até que entendi o poder da comunicação e prometi a mim mesma que nunca mais deixaria de entender algo ou de ser entendida”, lembra.

Murakawa, que atualmente fala português, inglês, búlgaro, francês, italiano, russo e espanhol, lista as cinco dicas principais para alcançar a fluência em pouco tempo.

1) Entenda os sons

É preciso ouvir, entender, tentar dizer inúmeras vezes até acertar e continuar esse ciclo. O ser humano, naturalmente, adquire um idioma através do som. “Uma vez que os sons passem a fazer sentido para a pessoa, fica muito mais fácil conseguir assimilar as palavras e frases. Focar também na pronúncia irá acelerar o processo de aprendizado”, conta a musicista.

2) Amplie seu vocabulário com palavras em comum entre os idiomas

As palavras que têm a grafia e significados semelhantes são chamadas de cognatos. Elas existem porque, etimologicamente, têm uma origem comum. Entre o português e o inglês, por exemplo, existem um monte de palavras cognatas. Ou seja, um ponto positivo para aprender o idioma. “É preciso, apenas, entender os sons e em como essas palavras foram transformadas no idioma de estudo. Assim, em um piscar de olhos, o novo vocabulário já estará muito mais extenso”, diz a poliglota, que já viveu também nos Estados Unidos.

3) Saiba qual é o seu vocabulário ativo

Após saber os cognatos, é preciso se perguntar quais são as palavras e frases que mais se usam no cotidiano. Um erro muito cometido é aprender, primeiramente, palavras que quase não são usadas e deixar as coisas que mais importam para depois. Dê prioridade para o vocabulário que faz sentido para aquilo que é usado na sua vida e, depois, amplie-o para outras palavras e expressões. “Estude essas palavras e essas estruturas gramaticais. Se eu sou violinista, de nada adianta eu saber falar ‘girafa’, ‘hipopótamo’ e outras palavras que eu não falo nem no português ao longo do meu dia a dia. Eu preciso focar, antes, em saber falar ‘música’, ‘violino’, ‘escutar’, ‘comer’, ‘andar’, entre outras ações e temas básicos da minha vida”, reforça Murakawa, que já morou em quatro continentes diferentes.

4) Seja consistente durante o aprendizado

Se está estudando um idioma uma vez por semana, saiba que está aprendendo da maneira errada. “Quando aprendemos algo hoje e deixamos para revisar só depois de uma semana, a porcentagem de retenção desse conteúdo é muito baixa. Melhor estudar 10 minutos por dia do que 3 horas em um sábado. É como tomar banho, você tomar um banho hoje não significa que você não vai precisar de banho amanhã”, explica.

5) Se jogue em filmes, livros, vídeos e podcasts

Grande parte das pessoas já ouviram essa dica antes, mas o mais importante quando se está começando a aprender um idioma é que a pessoa consuma coisas relacionadas a tópicos que ela goste e já conhece. “Na primeira vez, você vai entender uma palavra, depois duas, e assim por diante. Isso faz parte do processo, mas você já vai saber o contexto e isso vai te ajudar a compreender o idioma e as estruturas gramaticais de uma maneira muito mais rápida”, finaliza a especialista.

Você viu?

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana