turismo

Planos para a próxima viagem? Veja países e cidades com “Selo de Viagem Segura”

Publicado


source

Embora a maioria dos países esteja evitando as viagens de lazer, vários destinos estão relaxando suas medidas de bloqueio para conter a Covid-19 para começar a receber os turistas novamente.

Selo de Viagem Segura
Reprodução

Confira os países que receberam o Selo de Viagem Segura

Pensando no bem estar dos turistas, o Conselho Mundial do Turismo (WTCC) introduziu em todo mundo o Selo de Viagem Segura. A proposta é a acelerar o crescimento do turismo, mas mantendo a segurança e higiene para quem for visitar esses lugares.

O Selo garante certificação higiênica e de saúde em estabelecimentos voltados para o setor de turismo, como bares, restaurantes, hotéis, pousadas, agências, entre outros. O plano é garantir rígidos protocolos de higiene e limpeza e, desta forma, prevenir e controlar a propagação do novo coronavírus e outras infecções.

Brasil já tem cidade com selo de segurança

Os primeiros países credenciados foram Portugal e os Emirados Árabes, assim como as cidades de Sevilha e Madri, na Espanha, Cancun, no México, Egito, Chile, Canáda e no Brasil, Pernambuco também recebeu o selo de cidade segura para se viajar.

Mesmo que esses países tenham o Selo de Viagem Segura, é preciso tomar alguns cuidados na hora de viajar. Além de checar se o local está recebendo turistas, é preciso respeitar as regras de isolamento da sua região e também tomar uma série de precauções,  como uso de máscaras e limpeza de todos seus itens pessoais. 

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
publicidade

turismo

Reabertura: Hopi Hari voltou a receber público no último sábado

Publicado


source
hopi hari
Flickr/Armazém da Notícia

Seguindo protocolos sanitários para contenção da Covid-19, o parque do Hopi Hari, em Vinhedo (SP), reabriu

O Hopi Hari finalmente reabriu suas fronteiras ao público no último sábado (26), depois de passar meses fechado. Oferecendo um modelo de diversão segura, com base em protocolos anti Covid-19, o  parque abre aos finais de semana, das 10h às 17h, operando com 40% da sua capacidade de público. 

A maioria das atrações já funciona. As exceções são Simulakron, Cinemotion, La Mina del Joe Sacramento e Katakumb. 
Os shows Klapi-Klapi – Dino, um dinossauro de verdade, Ha-habitaris Show – Theatro de Kaminda e Saloon Show – O Forasteiro estão suspensos, por conta dos protocolos sanitários. La Tour Eiffel está parada por estar em manutenção.

A famosa hora do terror do Hopi Hari, a Horror Drive Tour, por sua vez, continua sendo realizada aos sábados e domingos, das 18h às 21h30, até 1º de novembro. 

Receber o público, após tanto tempo, gerou grande expectativa aos gestores do Hopi Hari.

“Estamos sentindo uma onda de alegria, esperança e fé com este novo começo. Sabemos que ainda não acabou, que devemos seguir com todos os protocolos de saúde, afinal, não podemos permitir que esta situação de pandemia continue, e isso também depende de nós”, disse o presidente do Hopi Hari, Alexandre Rodrigues.

“Teremos um recomeço difícil e diferente sim, mas somos resilientes. Nossos colaboradores não mediram esforços ao longo desta jornada e sei que continuarão fazendo o que for necessário para garantir a segurança e o lazer de nossos visitantes”.

Veja as medidas de prevenção e combate ao coronavírus do Hopi Hari

Para acessar o parque, os visitantes precisam aceitar e seguir os protocolos sanitários anti Covid-19, disponíveis para consulta no  site. Para o público, é exigido o uso de máscaras, aferição de temperatura e o respeito ao distanciamento social, além do uso de álcool em gel, disponibilizado pelo próprio parque, ao entrar e sair das atrações e ao realizar qualquer tipo de transação nas lanchonetes, nos restaurantes e nas lojas.

Entre as medidas implementadas, estão o controle de acesso do público, com sinalizações para distanciamento entre as pessoas e organização dos assentos nas atrações, além da diminuição da quantidade de pessoas em cada ciclo dos brinquedos. Também será realizada a sanitização das regiões de contato direto dos visitantes, como assentos, apoios de mão e travas, o que se estende também aos demais ambientes abertos no local. As fotos com os personagens do Parque estão suspensas. Todas as orientações ao público estarão disponíveis em diversos pontos e serão divulgadas constantemente via áudio.

Compra de ingressos

Para aqueles que têm passaportes válidos em mãos e que se enquadram nas ações promocionais que o  Hopi Hari  realizou nos últimos seis meses será possível visitar normalmente o parque, basta apresentar o voucher de compra diretamente nas catracas. Já os profissionais da área da saúde – convidados em abril deste ano, como forma de agradecimento pelos serviços frente a Covid-19, e que se cadastraram – poderão retirar e utilizar a cortesia até 27 de dezembro deste ano.

A comprovação do cadastro será feita via apresentação de documento de identidade nas bilheterias. Vale lembrar que, para garantir a capacidade de operação em 30%, a equipe do Parque monitorará o acesso do público e tomará ações necessárias para manter o fluxo de pessoas dentro da capacidade permitida.

A famosa Horror Drive Tour segue acontecendo aos finais de semana

A primeira atração oferecida pelo  Hopi Hari  desde a suspensão de suas atividades, em março, funcionamento alterado. Inspirado na Hora do Horror, o maior evento de horror da América Latina, o Horror Drive Tour, que começou este mês, acontece aos sábados e domingos, das 18h às 21h30. 

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana