BRASIL E MUNDO

Piadas com feminicídio e fome na Etiópia: bar é multado por apologia em placas

Publicados

em


source
Bar de Presidente Prudente%2C no interior paulista é multado por placas consideradas abusivas e discriminatórias
Reprodução

Bar de Presidente Prudente, no interior paulista é multado por placas consideradas abusivas e discriminatórias

Um bar em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, foi multado pelo órgão de Proteção ao Consumidor de São Paulo (Procon-SP) após divulgar mensagens com ‘piadas’ de temas como feminicídio, homicídio de crianças e extrema pobreza no continente africano.  O valor da multa é de R$ 1.134,85, com possibilidade de aumento, dependendo dos agravantes – cabe recurso.

A denúncia partiu de moradores da cidade. Em nota, o órgão determina que “é abusiva, dentre outras, a publicidade discriminatória de qualquer natureza, a que incite à violência, explore o medo ou a superstição, se aproveite da deficiência de julgamento e experiência da criança, desrespeita valores ambientais, ou que seja capaz de induzir o consumidor a se comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua saúde ou segurança”.

Dentre as mensagens que foram colocadas em placas penduradas dentro do estabelecimento há menções ao caso Isabella Nardoni , morta após ser jogada do sexto andar de um prédio. O pai e a madastra da garota foram condenados pelo crime.

“Filho a gente não cria pra nós. Cria pra jogar no mundo. (Assinado) Alexandre Nardoni”, diz uma das placas.

Outra se refere à fome na África: “Fazer as refeições juntos une a família! Etiópia, povo sem união”

O ‘comportamento prejudicial’ citado na multa também se refere à uma ‘ máscara comunitária ‘ colocada na parede do bar, que diz que pode ser ‘usada e devolvida’.

Bar se pronunciou:






O estabelecimento se desculpou pela piada feita sobre o assassinato de Eliza Samúdio , e afirmou que retirou a postagem e a placa após a própria mãe da vítima de femínicidio ter entrado em contato com o dono do estabelecimento.

Daniel Arena , gerente do Primata Parrilla, disse que considera às mensgaens das placas apenas como “piadas ácidas”, e que coninuará com as mensagens:

“Sim, aqui nada mudou. É o seguinte, 99% dessas pessoas que estão criticando e fazendo esse barulho todo não são nossos clientes. Eles nunca vieram aqui. Eles estão tirando a opinião deles por uma frase que viram escrita”, afirmou em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Maior hospital de Portugal tem fila de ambulâncias por Covid-19; veja

Publicados

em


source
Imagens de fila de ambulâncias em hospital viralizaram nas redes sociais
reprodução / Twitter

Imagens de fila de ambulâncias em hospital viralizaram nas redes sociais

O Hospital Santa Maria, em Lisboa, o maior de Portugal, tem tido filas de ambulâncias com pacientes com Covid-19 nos últimos dias. Na quinta e na sexta-feira, as filas foram grandes, trazendo pessoas da capital e também de outras cidades do país, que vive um momento de colapso com o aumento dos casos de pessoas com o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Há surtos em vários serviços. E o problema é que desde quinta-feira à noite não estamos conseguindo vagas para transferir os doentes infectados dos nossos serviços para os covidários”, disse Nídia Zózimo, uma das médicas do hospital em entrevista ao jornal “O Público”.

De acordo com a imprensa portuguesa, o Santa Maria já está em seu limite de capacidade, assim como grande parte das redes pública e particular do país, que vive caos por conta da segunda onda de Covid-19. Em lockdown desde 15 de janeiro, Portugal registra cerca de 13 mil a 14 mil novos casos da doença diariamente.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana