POLÍCIA FEDERAL

PF reprime crimes de pedofilia na internet

Publicados

em

Rio Branco/AC. A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, (3/5), a Operação Exchange, para investigar as condutas criminosas de armazenar e/ou distribuir na internet imagens pornográficas de crianças e adolescentes.

Foi dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão, na cidade de Rio Branco/AC, em cumprimento a ordem judicial da Justiça Federal de Rio Branco.

As informações iniciais foram encaminhadas pelo Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal (SERCOPI/DRCC) e aprofundadas pela Polícia Federal no Estado do Acre, o que culminou na deflagração da operação.

A investigação é sobre a conduta de um suspeito que teria armazenado e disponibilizado fotografias e vídeos contendo cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo criança ou adolescente. As penas dos referidos crimes, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, variam de 3 a 6 anos, no caso de compartilhamento, e de 1 a 4 anos nos casos de armazenamento desse tipo de material criminoso.

O nome da operação (EXCHANGE), significa “intercâmbio” e faz referência ao fato de o investigado se utilizar da rede mundial de computadores com a finalidade de realizar intercâmbio de cenas de pornografia envolvendo criança ou adolescente.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rio Branco

[email protected]

Coordenação-Geral de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: (61) 2024-8717

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF, BPFRON, PCPR e EB apreendem embarcação carregada com maconha

Publicados

em

Guaíra/PR – Na tarde desta sexta (12/8), após patrulhamento aéreo ao longo do Parque Nacional da Ilha Grande, equipe composta por integrantes da PF, BPFRON/PMPR, GOA e TIGRE da PCPR e Exército identificou movimentação suspeita de indivíduos e uma trilha aberta dentro do parque e resolveram se aproximar para identificação e fiscalização de possível crime ambiental dentro daquela área de preservação ambiental.

Após aproximação, percebeu-se que os indivíduos ganharam a mata ciliar para fugir de possível abordagem. Foram encontrados às margens do Rio Paraná 41 fardos de maconha, totalizando o peso de 826 kg quando pesados posteriormente na delegacia.

Todo o material ilícito foi apresentado na Delegacia de Polícia Federal em Guaíra/PR, para as providências habituais de apreensão.

A eficiente ação integrada reafirma o compromisso das Instituições de Segurança para com a defesa das Fronteiras Brasileiras.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana