POLÍCIA FEDERAL

PF investiga posse e compartilhamento de imagens contendo pornografia infantil

Publicados

em

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (14/6) a Operação Inocência Compartilhada 4, para investigar o compartilhamento de vídeos com cenas de pornografia infantojuvenil em grupos de aplicativo de mensagens, dos quais também participavam pessoas residentes em outros países.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em cidades do Agreste e Litoral Norte do Estado de Alagoas, assim como na região Metropolitana de Maceió.

A investigação teve início em setembro de 2020, após a constatação de que pessoas que utilizavam telefone com DDD do Estado de Alagoas participavam de grupos de conversas de um aplicativo de mensagens, que tinham como objetivo a troca de imagens e vídeos contendo cenas de abuso sexual de crianças e adolescente.  Após a identificação dos titulares destes números telefônicos, a Polícia Federal representou à Justiça Federal pela expedição de mandado de busca e apreensão para aprofundar as investigações.

Caso seja confirmada a posse e o compartilhamento de imagens contendo pornografia infantil, a pessoa responsável poderá responder pelos crimes previstos nos artigos 241-A e 241-B da Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente). Por se tratar de grupos voltados exclusivamente para a troca de fotos e vídeos contendo abuso sexual de crianças e adolescentes, os investigados poderão ser indiciados também no crime de associação criminosa, previsto no artigo 288 do Código Penal. Somadas, as penas máximas previstas para esses crimes podem chegar a 13 anos de prisão. 

Comunicação Social da Polícia Federal em Alagoas

CS/GAB/SR/DPF/AL

(82) 3216-6723/6729 ou (82) 9327-7671

[email protected]

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal apreende grande quantidade de cigarros

Publicados

em

Maringá/PR – Na quinta-feira (18/8), durante diligências de repressão aos crimes de contrabando e tráfico de drogas, realizadas nas estradas da região de Maringá/PR, equipes da Polícia Federal prenderam um homem envolvido em transporte de cigarro ilícito de origem paraguaia, na cidade de Maringá/PR.

Durante as diligências, que consistiam em barreira policial para inspeção de carga e documentação dos veículos, um motorista dirigindo um caminhão não obedeceu a ordem de parada. Outra equipe policial, posicionada em outro trecho à frente, fez nova tentativa de abordagem, mas quase foi atropelada pelo motorista, que jogou o seu veículo contra os policiais em clara tentativa de homicídio. Em seguida, foi realizado acompanhamento tático, tendo a equipe interceptado o veículo no contorno sul da cidade. Quando a carga foi revistada, constatou tratar-se de cerca de 800 caixas de cigarro paraguaio, o equivalente a 400 mil maços.

O homem, de 35 anos, foi preso em flagrante e responderá pela prática do crime de contrabando, desobediência e tentativa de homicídio.

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Telefone: (44) 3220-1436

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana