economia

PF faz operação contra fraudes no auxílio emergencial em 8 estados

Publicados

em


source
PF cumpriu 28 mandados de busca e apreensão em 8 estados
Reprodução: iG Minas Gerais

PF cumpriu 28 mandados de busca e apreensão em 8 estados

A Polícia Federal realizou nesta quinta-feira (04) uma operação contra fraudes no auxílio emergencial em 8 estados. A operação batizada de Quarta Parcela cumpriu 28 mandados de busca e apreensão e sete de sequestro de bens. Ao todo, R$ 170 mil foram bloqueados pela Justiça.

De acordo com as investigações, membros da quadrilha na Bahia criaram 60 contas no aplicativo Caixa Tem em nome de terceiros. Em seguida, eles transferiam o dinheiro recebido do Governo Federal para contas dos chefes da quadrilha.

A PF acredita que os suspeitos causaram prejuízo de R$ 40 mil a União. Não há informações se alguma prisão foi efetuada.

Os policiais atuaram nos estados da Bahia, Amazonas, São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e Goiás.

Os investigadores informaram que o inquérito continua aberto e dará prosseguimento nas apurações contra a quadrilha. As investigações devem ter colaboração da Receita Federal e da Caixa Econômica Federal.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Governo vai enviar R$ 15 bilhões para programas de crédito a empresas

Publicados

em


source
Jair Bolsonaro e Paulo Guedes
Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro e Paulo Guedes


O governo pretende destinar até R$ 15 bilhões para ajudar micro e pequenas empresas afetadas pela retomada da pandemia de covid-19, anunciou o Ministério da Economia.

A pasta aguarda a sanção de projeto que flexibiliza a Lei de Diretrizes Orçamentárias ( LDO ) de 2021,  que foi aprovado nesta segunda-feira (19) pela Câmara e vai para votação do Senado.

Dos R$ 15 bilhões, R$ 10 bilhões iriam para o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda ( BEM ), que complementa a renda de empregados de empresas que reduzem jornadas ou suspendem contratos de trabalho em função da pandemia.

Você viu?

Lei também

Os R$ 5 bilhões restantes iriam para o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte ( Pronampe ), que financia pequenos negócios com juros baixos e regras simplificadas.

O projeto que altera a LDO de 2021 retira um dispositivo que obrigaria o governo a compensar os dois programas temporários com corte de despesas em outras áreas ou com aumento de tributos e de outras fontes de receita.

As medidas de ajuda aos negócios de menor porte têm sido uma das reivindicações dos setores mais atingidos pela segunda onda da pandemia de covid-19. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), 91% das empresas do segmento não conseguiram pagar integralmente as folhas salariais em abril.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana