POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Laverna para investigar comércio ilegal de armas no interior do Pará

Publicados

em

Belém/PA – Nesta quarta-feira (25/5), a Polícia Federal deflagrou a Operação Laverna, com o objetivo de apurar a prática de crimes de associação criminosa e de falsidade ideológica na elaboração de laudos psicológicos falsos, para inserção no sistema da Polícia Federal (SINARM), que regula a aquisição, porte, renovação e transferência de arma de fogo.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, sendo três em Tucuruí/PA e um em Marabá/PA.

O esquema criminoso era voltado para simulação ou falsificação de requisitos previstos no art. 4º da Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do desarmamento). Comprovada a falsidade dos laudos de avaliação psicológica, aumenta os indícios de que outros requerimentos intermediados pelos suspeitos também tenham sido baseados em documentos falsos, denotando verdadeiro.

Os investigados, caso sejam condenados, estarão sujeitos a penalidades que variam de dois a seis anos de reclusão e multa.

O nome da operação faz alusão à deusa romana dos ladrões, trapaceiros e do mundo inferior.

As investigações seguem em andamento.

Comunicação Social da Polícia Federal em Marabá

Contato: (94) 3312-0200

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal apreende combustível contrabandeado na fronteira com a Argentina

Publicados

em

São Borja/RS – A Polícia Federal cumpriu, nesta quarta-feira (29/6), um mandado de busca e apreensão em investigação que apura o contrabando de combustíveis na fronteira oeste do Rio Grande do Sul.

Policiais federais se deslocaram até a residência do suspeito e localizaram 130 litros de gasolina acondicionada em galões plásticos. O material foi apreendido e será encaminhado à Receita Federal do Brasil.

O responsável pelo local e pelo combustível não foi localizado e será indiciado pelo crime de contrabando, com pena de 2 a 5 anos de reclusão, podendo ainda responder por crimes ambientais e crime contra a ordem econômica.

Além da ilegalidade em comercializar combustível de origem estrangeira, a prática implica em risco pelo armazenamento desse material, altamente inflamável, geralmente em recipientes impróprios e em zona residencial, colocando em risco a saúde e a propriedade, tanto de quem mantém, quanto de quem mora nas proximidades dos depósitos.

A ação faz parte da Operação Controle Brasil, articulada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, integrando diversos órgãos no combate aos delitos de contrabando e descaminho de bebidas, combustível, fumo e insumos agrícolas.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Borja

Fone: (55) 3430.9000

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana