POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Creeper para combater fraudes bancárias no Espírito Santo

Publicados

em


Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (3/2) a Operação CREEPER, com objetivo de combater os crimes de fraudes bancárias, invasão de dispositivo de informática e lavagem de dinheiro.

 

A operação contou com a participação de 40 Policiais Federais, que cumpriram 08 mandados de busca e apreensão, nas residências dos investigados nos Municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari e São Paulo.

 

ENTENDA O CASO

A investigação iniciou em face da descoberta de fraudes em contas bancárias da Caixa Econômica Federal, decorrentes de Relatório produzido pela PF. A produção da informação foi decorrente da atuação da Força Tarefa Tentáculos, a qual é uma parceria entre a Polícia Federal e Instituições Financeiras no combate a fraudes bancárias.

As investigações demonstraram que contas sofreram ação de hacker. Ele vinha atuando no desenvolvimento de programas maliciosos para infectar dispositivos de informática, a fim de obter dados e praticar a subtração de quantia em dinheiro das contas bancárias invadidas.

O hacker que teve a atuação descoberta é considerado como um dos mais atuantes no Brasil, sendo que as provas indicam que criou programas maliciosos para a prática das fraudes e se utilizava de um sofisticado esquema de lavagem de dinheiro, proveniente das subtrações dos valores das contas, dentre outros, através do uso de criptoativos, perpetrado pelo núcleo responsável pela lavagem de dinheiro.

 

 

CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados responderão pelos crimes de invasão a dispositivo de informática disposto no art. 154-A, parágrafo segundo, de produção de programa para a invasão, disposto no parágrafo primeiro do art. 154-A, ambos do Código penal, de furto mediante fraude, referente a prática das fraudes bancárias, disposto no art.155, parágrafo quarto, inciso II do Código Penal, de associação criminosa com a pratica de mais de um crime através de no mínimo 03 pessoas, disposto no art. 288 do Código Penal e, por fim em face da ocultação de movimentação financeira proveniente da prática dos crimes comprovados de lavagem de dinheiro, disposto no art.1 da Lei 9.613/98.

 

Será concedida entrevista coletiva à imprensa, hoje, às 10h, no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal, no Espírito Santo. Os protocolos de segurança contra o COVID-19 serão respeitados durante todo o evento.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo

Telefone: (27) 3041-8051/8029

 

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Buriti e apreende mais de 600 kg de maconha

Publicados

em


Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou, com apoio da PMDF e PMGO, no sábado (17/4) a Operação Buriti, com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável pelo fornecimento de grande quantidade de drogas para região do Distrito Federal e entorno. Foram presos quatro indivíduos e apreendidos aproximadamente 620 quilos de maconha, 735g de cocaína e cinco veículos.

Após intenso trabalho de investigação, os policiais federais identificaram quatro homens e os abordaram na região de Águas Lindas, em Goiás. Após revistarem os veículos, os policiais encontraram centenas de tabletes de maconha e um tablete de cocaína.

Os envolvidos foram encaminhados à Superintendência Regional de Polícia Federal no Distrito Federal – SR/DF e responderão por tráfico interestadual de drogas, com pena de até 25 anos de prisão.

Esta é a maior apreensão de drogas realizada pela Polícia Federal no ano de 2021, no Distrito Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Distrito Federal

Contato: (61) 2024-7557

[email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana