POLÍCIA FEDERAL

PF combate lavagem de dinheiro no Distrito Federal e em Goiás

Publicados

em


Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (22/1) a Operação Gravame, com o objetivo de coletar provas acerca de possível crime de lavagem de dinheiro cometido por servidor público e por terceiros a ele associados, tendo por base eventuais crimes antecedentes de corrupção passiva, sonegação fiscal ou outros crimes contra a Administração Pública.

Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de contas-bancárias, veículos e imóveis dos investigados em Brasília/DF e na Cidade Ocidental/GO, expedidos pela 12 ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal. A Justiça Federal também determinou o afastamento preventivo do servidor público suspeito de suas funções pelo prazo inicial de 30 dias.

As investigações criminais foram iniciadas no ano de 2020, a partir de apurações provenientes da Controladoria Geral da União – CGU e da Subsecretaria de Conformidade e Integridade – SCI do Ministério da Infraestrutura, e demonstram que o servidor suspeito apresentou crescimento patrimonial incompatível com sua renda, bem como a realização de gastos incompatíveis com sua remuneração.

Os dados e informações já obtidos também apontam para a possível utilização de parentes na lavagem de ativos, bem como a construção de uma casa de luxo e aquisição de veículos com os valores não declarados.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no DF

Contato: (61) 2024-7557

[email protected]

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal conclui Operação Fusarium I de erradicação de maconha

Publicados

em


Salgueiro/PE – A Polícia Federal vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha na região.

Desta vez foi concluída a primeira fase da Operação Fusarium, que ocorreu entre os dias 24 de fevereiro a 3 de março de 2021. Nesta fase, conseguiu-se erradicar e destruir, juntamente com as ações precursoras, cerca de 344,6 mil pés de maconha e apreender 584 kg da droga pronta para consumo.

Participaram da operação policiais militares/PE e DF, policiais civis/PE, bombeiros/PE e PB. Foram usadas duas aeronaves, sendo uma do CAOP-Coordenação de Aviação Operação/PF e outra da Polícia Militar/DF. Também foram destruídos 87 plantios e cerca de 53 mil mudas de maconha. Os policiais trabalharam com incursões terrestres e fluviais, com o emprego de botes infláveis.

Com essas operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga no estado de Pernambuco, como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência.

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana