POLÍCIA FEDERAL

PF apreende mais de uma tonelada de maconha

Publicados

em


Barra do Garças/MT – Nesta terça-feira (23/2), uma operação conjunta da Polícia Federal com o Tático Ostensivo Rodoviário da Polícia Militar resultou na apreensão de mais de uma tonelada de maconha e a prisão de duas pessoas por tráfico de drogas.

As equipes policiais realizaram diversas abordagens a veículos, com vistas a reprimir o contrabando e o tráfico de drogas e, ao avistarem um caminhão de pequeno porte, determinaram a parada para fiscalização do mesmo. Em razão do condutor não obedecer a ordem policial, os policiais acompanharam o veículo, realizando a abordagem já no estado de São Paulo, na Rodovia Euclides da Cunha. Em uma busca minuciosa, ao verificarem a carroceria do veículo, os policiais encontraram 57 fardos de maconha.

O motorista e o passageiro foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal para a lavratura do flagrante delito, permanecendo à disposição da Justiça. A pena mínima para o crime de tráfico de drogas é de 5 a 15 anos de reclusão, com causa de aumento de pena em razão da interestadualidade dos crimes cometidos.

Os trabalhos de repressão ao crime de tráfico de drogas pela Polícia Federal seguem de forma contínua e, diante da dinâmica interestadual dos crimes praticados, tem exigido uma atuação cada vez mais inteligente e conjunta dos órgãos policiais.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

[email protected]

Contato: (65) 992488987

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal deflagra Operação Destilados contra o descaminho de bebidas na fronteira com o Uruguai

Publicados

em


Jaguarão/RS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (2/3) a Operação Destilados, de repressão ao descaminho de bebidas na fronteira com o Uruguai, com o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão.

Além do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, também foram executadas quebras de sigilos fiscais e bancários, sequestro de um veículo e medidas cautelares alternativas à prisão contra um investigado. 

A investigação teve início em agosto de 2020, após a apreensão de 16 volumes de mercadorias estrangeiras que estavam sendo enviadas por meio dos Correios para outros estados da federação, sem o pagamento dos tributos devidos.

Diligências apontaram que o grupo criminoso estaria utilizando sites de compra e venda de mercadorias pela internet para comercializar clandestinamente bebidas alcóolicas, principalmente destilados como vodcas, gim, licores e whisky, todas de origem estrangeira, as quais eram adquiridas na região de fronteira.

Os investigados poderão vir a ser indiciados pela prática do comércio ilegal de bebidas importadas pela internet e responder pelos crimes de descaminho, associação criminosa, falsificação de documento e lavagem de capitais, cujas penas máximas, somadas, podem chegar a 22 anos de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Jaguarão

Fone: (53) 3266-9000/ (53) 99153-2905 (WhatApp)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana