POLÍCIA FEDERAL

PF apreende cocaína dentro de embalagens de creme de cebolas e cumpre mandado de prisão em desfavor de ex-policial

Publicados

em


Guarulhos/SP – A Policia Federal prendeu na noite da quarta-feira (3/2), no Aeroporto Internacional de São Paulo, um passageiro de voo internacional tentando embarcar com cocaína oculta em pacotes de creme de cebolas e, na manhã de hoje, cumpriu mandado de prisão expedido pela Justiça de Santa Catarina.

Policiais federais, que atuam na fiscalização de passageiros junto aos balcões de check-in, desconfiaram de um homem que se encontrava na fila do check-in de voo com destino à Etiópia e portava uma bagagem fora dos padrões. O homem foi entrevistado e conduzido ao setor de raio-x para que sua bagagem fosse inspecionada. As imagens do aparelho revelaram uma grande quantidade de substância orgânica, que o homem não soube explicar do que se tratava. O suspeito alegou estar transportando a bagagem por encomenda de um amigo. Ele pretendia levar a droga para Freetown em Serra Leoa, seu país natal.

Em sede policial, os peritos encontraram um total de 190 embalagens de creme de cebolas cujo conteúdo era, na verdade, cocaína. O volume total da droga somou 19 kg.

O homem, de 36 anos, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio, foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas.  

Outra equipe de policiais federais prendeu um ex-policial, que desembarcou de voo procedente dos Estados Unidos. Ele tinha em seu desfavor um mandado de prisão preventiva por homicídio, expedido pela Justiça de Santa Catarina.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF cumpre extradição de foragido da Justiça Mato-grossense

Publicados

em


Cuiabá/MT – Na quinta-feira, 17/6, com base na cooperação policial internacional, a Polícia Federal cumpriu a extradição de um brasileiro que se encontrava foragido da Justiça Mato-grossense e estava sendo procurado internacionalmente pela Interpol.

O homem, acusado de participação em um latrocínio no Estado do Mato Grosso, fato ocorrido em 2019, foi escoltado por policiais federais de Portugal até Cuiabá/MT e após foi conduzido para o sistema prisional, onde ficará à disposição do juízo competente.

As investigações sobre o crime foram encerradas e concluídas pela Polícia Judiciária Civil em Cuiabá/MT. Com a decretação da prisão preventiva pela 5ª Vara Criminal de Cuiabá/MT e a pedido da Polícia Civil e daquele juízo, houve a publicação de difusão vermelha nos sistemas da Interpol, instrumento que permitiu à polícia portuguesa a localização e detenção do foragido em solo lusitano.

A cooperação policial internacional é feita pela Interpol e esta é representada no Brasil pela Polícia Federal. Dentre os seus objetivos, está garantir e promover a mais ampla e possível assistência mútua entre todas as polícias judiciárias, resguardados os limites da legislação existente em cada país. Para tal mister se utiliza da publicação de vários tipos de difusões, que são repassadas para os seus 192 países‐membros. 

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

[email protected]

(65) 992848987

Instagram: @policiafederal_mt

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana