Cuiabá

Pesquisa Ibope confirma Abílio em primeiro lugar para prefeito de Cuiabá

Publicado

 A primeira pesquisa Ibope para a prefeitura de Cuiabá apontou a liderança do vereador Abílio Junior (Podemos) com 26% das intenções de voto. Ele é seguido pelo atual prefeito e candidato a reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB) com 20%, e pelo ex-prefeito da Capital, Roberto França (Patriota), com 19%, que estão empatados tecnicamente.

A quarta colocada é Gisela Simona (PROS), com 11%. O ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva (PT) aparece bem atrás, em 5º lugar, com 3%.

Os candidatos Paulo Henrique Grando (Novo) e Aécio Rodrigues (PSL), estão empatados com 2%. Em último, aparece Gilberto Lopes Filho (PSOL), com 0%. 

Segundo a pesquisa, 11% declararam que votarão branco ou nulo e 7% ainda não sabem em quem votar. O Ibope ouviu 602 pessoas entre os dias 14 e 16 de outubro.

A margem de erro é de 4% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada sob o número MT-02443/2020.

REJEIÇÃO

O Ibope também mediu o índice de rejeição dos candidatos. Os eleitores puderam votar em mais de um candidato, o que significa que os números, somados, podem passar de 100%.

Segundo a pesquisa, 55% declararam que não votarão de jeito nenhum no prefeito Emanuel Pinheiro. Outros 30% afirmaram que não votarão em Roberto França e 21% em Julier Sebastião.

Abílio Júnior é rejeitado por 19% dos entrevistados. Aécio Rodrigues é rejeitado por 14%, seguido por Gilberto Lopes Filho, com 12%, e Gisela Simona e Paulo Henrique Grando, ambos com 10%.

2% dos entrevistados afirmaram que podem votar em todos os candidatos e 10% não souberam ou não responderam.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Misael Galvão apresentou mais de 14 mil indicações no mandato por Cuiabá

Publicado

Com um mandato participativo, em quase quatro anos o vereador Misael Galvão (PTB) apresentou mais de 14 mil indicações voltadas para as áreas de saúde, educação, infraestrutura, trânsito e lazer, por vários bairros de Cuiabá,

“Sempre digo que ninguém chega a lugar nenhum sozinho, por isso meu mandato foi pautado pelos pedidos e necessidades de moradores de todas as regiões da Capital, e transformamos em indicações reais, propositiva e de resultado. Um trabalho dedicado com intuito de melhorar e levar mais qualidade de vida para o cidadão de diferentes bairros, tive voto em toda Cuiabá por isso retribuí com trabalho”, disse o Misael.

No total, o parlamentar já apresentou 14.425 indicações, sendo 599 em 2017, 2.380 mil em 2018, 5.055 em 2019, e mais de 6.3 mil apenas neste ano.

Misael Galvão afirma que a medida visa atender as demandas de todas as regiões de Cuiabá. Segundo ele, a obra mais solicitada, especialmente nos bairros da periferia, é o asfalto, segurança e saúde.

Por meio de indicação e articulação política, o vereador já conseguiu levar o asfalto a todas as ruas dos bairros Dr. Fabio I, Altos da Serra I, Despraiado, Vila Real, Residencial Ana Maria e São Roque.

Já os bairros Drº Fábio II, Altos da Serra II, São João Del Rey e Jardim Paulicéia estão com obras, e muitos outros bairros já iniciados como Sol Nascente, Guaicurus e muitos outros conseguidos graças ao trabalho pontual do vereador presente nos bairros.

Além disso, a área da saúde também teve grande número de reivindicações que levaram não só indicações, como também a destinação de emendas impositivas do próprio vereador, para reforma e ampliação de postos de saúde, criação de centros odontológicos, entrega de materiais e insumos, nos bairro Dr. Fabio, Despraiado e Altos da Serra.

Diante da pandemia do novo coronavírus, Misael, como presidente do parlamento municipal, garantiu a destinação de R$ 2 milhões do orçamento da casa de leis para prefeitura utiliza em aquisição de máscaras, álcool gel e luvas. O repasse só foi possível graças a economia promovida pela gestão frente ao legislativo. E também Capitaneou junto aos demais vereadores a destinação de R$ 8,7 milhões das emendas impositivas à Secretaria de Saúde.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana