economia

“Pergunta para o vírus”, diz Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio emergencial

Publicado


source
.
Marcos Corrêa/PR

Presidente Jair Bolsonaro


presidente Jair Bolsonaro afirmou que espera não haver necessidade de estender o pagamento do auxílio emergencial  e que o novo coronavírus esteja “de partida do Brasil”. A declaração aconteceu nesta nesta terça-feira (24) durante uma conversa com um grupo de apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.


Ao ser questionado sobre se o governo pretende prorrogar a ajuda financeira à população, Bolsonaro não descartou a possibilidade, mas disse torcer para que isso não ocorra. “Pergunta para o vírus”, respondeu a um apoiador.

“A gente se prepara para tudo, mas tem que esperar certas coisas acontecerem. Esperamos que não seja necessário porque é sinal de que a economia vai pegar e não teremos novos confinamentos no Brasil”, acrescentou.

“Desde o começo, eu nunca fui a favor do confinamento . Sempre defendi a ideia do isolamento vertical, mas, infelizmente, a decisão coube aos governadores e prefeitos”, disse. 

Na sequência, Bolsonaro afirmou que “a economia tinha quebrado no Brasil” se não fosse a concessão do auxílio emergencial e outras medidas tomadas pelo governo. “Então, a gente espera que não seja necessário (a prorrogação do auxílio) e que o vírus esteja realmente de partida do Brasil.”

Ao ser criado, o auxílio emergencial, de R$ 600, deveria durar três meses (tendo como base os meses de abril, maio e junho). Depois, o governo estendeu para mais duas parcelas (julho e agosto). Diminuindo o valor de R$ 30 posteriormente, cuja última parcela será paga em dezembro.

O objetivo inicial de Bolsonaro era reformular o Bolsa Família e lançar um novo programa, chamado Renda Brasil, para compensar o fim do auxílio emergencial, que promove ganhos eleitorais ao chefe do executivo. Mas a falta de fonte para custear a iniciativa tem travado o novo projeto.

Comentários Facebook
publicidade

economia

Eastern adia início dos voos para Belo Horizonte

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Raphael Magalhães

Eastern adia início dos voos para Belo Horizonte

Após iniciar as vendas dos voos para o seu novo destino na América do Sul, a companhia aérea norte-americana Eastern postergou o início das três rotas, prevista para Março. Dessa forma, Belo Horizonte (CNF) passará a contar com os voos da empresa apenas no fim do mês de Maio.

Com a alteração, o começo dos voos que ligarão a capital mineira à Boston (BOS), Nova York (JFK) e Miami (MIA), será realizado apenas no dia 31/05. Na ocasião, o Boeing 767 da empresa realizará o voo inaugural entre Massachusetts e Minas Gerais.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Ademais, Nova York (JFK) e Miami (MIA) serão as próximas rotas inauguradas, respectivamente nos dias 01 e 02/06. As alterações já foram realizadas nos canais de venda da empresa, que continua comercializando normalmente a rota a partir da nova data.

Você viu?

Além disso, vale lembrar que cada rota receberá duas frequências semanais, que partirão de Belo Horizonte (CNF) nos seguintes dias:

  • Boston (BOS): Quintas e Domingos
  • Miami (MIA): Segundas e Sextas
  • Nova York (JFK): Terças e Sábados

O post Eastern adia início dos voos para Belo Horizonte apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana