BRASIL E MUNDO

Parque Nacional do Itatiaia retoma atividades nesta quarta-feira (5)

Publicado


.

Os turistas poderão voltar a visitar uma das mais importantes atrações naturais do Brasil a partir desta quarta-feira (5). O Parque Nacional do Itatiaia, localizado na Serra da Mantiqueira, reabre de forma gradual após meses fechado em decorrência da pandemia de coronavírus. Criado em 1937, foi o primeiro Parque Nacional do Brasil e é um importante atrativo turístico da região onde está situado, que abrange os estados de Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

A retomada das atividades será feita a partir da adoção de protocolos de prevenção estabelecidos por órgãos oficiais de saúde e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). As medidas foram baseadas em três frentes de atuação: sociais, sanitárias e operacionais, que estabelecem o distanciamento físico, a sanitização dos ambientes e ações restritivas para a prevenção de contágio da Covid-19.

Além disso, as ações serão realizadas em três fases. A primeira consiste na restrição de acesso a parte dos atrativos; a segunda, na flexibilização do acesso, mas com capacidade reduzida; e por fim a terceira fase, onde as atividades serão retomadas normalmente.

Na fase inicial de reabertura, apenas a parte baixa e algumas atrações da parte alta do parque estarão abertas. A maior parte dos atrativos terá restrições quanto ao fluxo de visitação e, em todos os locais, os visitantes deverão manter o distanciamento mínimo de dois metros e usar, obrigatoriamente, máscaras de proteção. Para evitar aglomerações, o tempo de permanência de cada atrativo será controlado. A direção do parque aconselha que os ingressos sejam comprados pela internet, para evitar aglomerações.

Clique Aqui para mais informações sobre as novas medidas de prevenção adotadas pelo Parque Nacional do Itatiaia.

Com informações do Ministério do Turismo

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Italiana, esposa de militante do Estado Islâmico é detida por terrorismo

Publicado


source
mulher de burca
Carabinieri / Divulgação

Alice Brignoli era esposa de militante do Estado Islâmico na Síria

Os policiais do Reagrupamento Operativo Especial (ROS) da Itália prenderam na Síria nesta terça-feira (29) Alice Brignoli, esposa do militante italiano do Estado Islâmico (EI) Mohamed Koraichi .

Segundo informações do ROS, a mulher foi detida sob acusação de associação criminosa terrorista. Os agentes do grupo de operações especiais também rastrearam os filhos de Brignoli e os repatriaram.

Em 2015, Brignoli deixou a Itália e foi para a Síria ao lado do marido e dos filhos. No país asiático, Koraichi, que tem origem marroquina, participou diretamente das operações militares do grupo terrorista. De acordo com as investigações, Brignoli teria realizado um “papel ativo na educação das crianças para a causa” do EI.

As apurações conduzidas pela ROS mostraram que Brignoli está “muito feliz” por regressar à Itália com os quatro filhos, mesmo que ela seja presa. Já Koraichi teria morrido na Síria.

A história de Brignoli, que era também conhecida como “Aisha”, e Koraichi, começou em 2015 quando a mãe da mulher relatou seu desaparecimento. O casal levou os filhos para a Síria, o mais velho com sete anos na época e o mais novo com apenas um ano e meio.

As investigações afirmam que Brignoli teria iniciado o caminho da radicalização em 2009, coincidindo com o nascimento do primeiro filho. Com o tempo, o casal cortou laços com suas famílias e partiram em maio de 2015 para a Síria.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana