TECNOLOGIA

Para os indecisos da Netflix: novo aplicativo ajuda a escolher o que assistir

Publicado


source
aplicativo Netflix
Unsplash/Georgia Vagim

Aplicativo indica filmes para serem assistidos


Um novo aplicativo chegou para acabar com os problemas dos indecisos. O Chippu, disponível para Android e iOS , ajuda os usuários a decidirem quais filmes e séries eles verão na Netflix , Google Play, iTunes e Amazon Prime Video. 

O sistema conta tanto com inteligência artificial quanto com curadoria humana, e se baseia no perfil de cada pessoa para indicar os títulos perfeitos. 

Para começar, o usuário precisa responder algumas perguntas sobre suas preferências. Em seguida, ele pode decidir se quer dicas da inteligência artificial ou da equipe de pessoas que faz curadoria de conteúdo. Em ambos os casos, as escolhas são baseadas no gosto pessoal de cada um.

Leia também: Netflix cancela contas de usuários que pagam serviço e não utilizam

As sugestões surgem na tela como cartões, que mostram a sinopse e o serviço no qual o filme pode ser encontrado. Em um layout parecido com o do Tinder , os usuários podem arrastar a tela para informar se já viram a obra e se gostaram, ou não, da indicação. Todos esses dados são guardados para futuras sugestões. 

Por enquanto, o Chippu funciona só para filmes, mas uma atualização deve trazer, em breve, opções para séries. Outro objetivo do aplicativo é começar a abranger mais serviços além dos quatro parceiros, indicando até programas de televisão.

Comentários Facebook
publicidade

TECNOLOGIA

Facebook e Instagram vão remover fake news sobre vacinas da COVID-19

Publicado


source

Tecnoblog

undefined
Victor Hugo Silva

Facebook e Instagram vão remover fake news sobre vacinas da COVID-19

O avanço de alguns países  rumo a campanhas de vacinação contra a COVID-19 levou o Facebook a anunciar ações que serão tomadas sobre fake news relacionadas ao tema. A empresa afirmou que, nas próximas semanas, começará a remover posts com alegações falsas sobre vacinas. A medida também vale para o Instagram.

Em comunicado, o Facebook afirmou que a decisão de remover fake news sobre o novo coronavírus faz parte de sua política de impedir a desinformação que pode causar danos físicos aos usuários . Com o anúncio, a companhia promete excluir afirmações falsas sobre segurança, eficácia, componentes e efeitos colaterais das vacinas.

Isso inclui as acusações falsas de que as vacinas seriam usadas para implantar microchips na população ou de que teriam componentes que não são listados oficialmente. Os posts também serão removidos se promoverem teorias da conspiração sabidamente falsas como a de pessoas que estariam sendo usadas sem seu consentimento para testes da eficácia das vacinas.

O Facebook informou ainda que, mesmo depois de implementar as medidas, vai receber a orientação de autoridades de saúde pública para continuar atualizando a lista de afirmações que serão removidas à medida em que novos fatos sobre a COVID-19 forem descobertos.

Facebook combate fake news com Google e Twitter

Este não é o primeiro posicionamento do Facebook para combater as fake news sobre vacinas. Em novembro, a empresa se uniu com Google e Twitter , além de agências de checagem de fatos e órgãos governamentais, em uma iniciativa para combater a desinformação relacionada a este assunto.

Organizada pela Full Fact , entidade que atua contra informações falsas, a ação pretende se antecipar a uma onda de fake news em meio ao avanço do desenvolvimento das vacinas contra o novo coronavírus. O Facebook já proíbe anúncios com discurso anti-vacina e o YouTube exibe avisos com fatos sobre vacinas da COVID-19.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana