POLÍTICA NACIONAL

Para Lira, quem não merece absolvição é o ex-juiz Sergio Moro

Publicados

em


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), comentou em suas redes sociais a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava-jato em Curitiba (PR). “Minha maior dúvida é se a decisão monocrática foi para absolver Lula ou Moro. Lula pode até merecer. Moro, jamais!”, declarou Lira.

Fachin considerou que 13ª Vara Federal de Curitiba não tinha competência para julgar casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula. Na época das condenações, essa Vara era comandada pelo então juiz Sergio Moro. Os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal, à qual caberá dizer se os atos realizados nos três processos podem ou não ser validados e reaproveitados.

Da Redação/WS

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Ministro da Saúde será ouvido nesta quarta-feira sobre vacinas e colapso no sistema hospitalar

Publicados

em


Itamar Aguiar/Palácio Piratini
Saúde - coronavirus - pandemia - Covid-19 - vacinas - vacinação - Chegada de vacinas ao RS
Chegada de vacinas contra a Covid-19 em Porto Alegre (RS)

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta quarta-feira (14) com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), autor do requerimento, disse que a audiência pretende discutir com Queiroga a situação das vacinas, a disposição de leitos e o planejamento para contenção da crise provocada pela Covid-19.

Na opinião do parlamentar, mesmo com o cenário de colapso do sistema de saúde, o Brasil tem uma taxa de vacinação baixa. “Precisaríamos de aproximadamente dois anos para que 70% da população seja vacinada. Em total desconformidade com um estudo da Universidade Federal de Juiz de Fora, que afirma a necessidade de o Brasil vacinar 2 milhões por dia para controlar a pandemia em até um ano”, afirma Ribeiro.

“Em meio a este cenário, para piorar a situação nacional, alguns estados sofrem com a falta de medicamentos para intubação de pacientes e tratamento da doença e oxigênio, como foi o caso do Amazonas”, lamenta o parlamentar.

Hora e local
A audiência pública será realizada às 13 horas, no plenário 11.

Da Redação – RS

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana