esportes

Palmeiras garante melhor campanha da primeira fase da Libertadores

Publicado


O Palmeiras encerrou a sequência de quatro derrotas consecutivas com uma goleada de 5 a 0 sobre o Tigre (Argentina). A vitória desta quarta-feira (21), no Allianz Parque, em São Paulo, garantiu ao Verdão a melhor campanha da primeira fase da Libertadores pela terceira edição seguida. O Alviverde finalizou o Grupo B na liderança, com 16 pontos. É a mesma pontuação do Santos, primeiro colocado do Grupo G, mas a campanha palmeirense supera a santista no saldo de gols (15 a 5)

O Tigre, com o tropeço, despede-se da Libertadores com um só ponto, em último no Grupo B e a pior campanha geral. O outro classificado da chave foi Guaraní (Paraguai), que ficou no 1 a 1 com o Bolívar (Bolívia) em casa também nesta quarta. Os paraguaios somaram 11 pontos, enquanto os bolivianos (que disputarão a sequência da Copa Sul-Americana) acumularam cinco pontos, em terceiro lugar.

Desfigurado por sete desfalques, sendo quatro pelo novo coronavírus (covid-19), o Tigre assustou no primeiro minuto, após uma sequência de erros do zagueiro Felipe Melo e do lateral Matías Viña, que o meia Diego Morales não aproveitou. Daí em diante, o Palmeiras controlou a partida com tranquilidade, apesar de ter balançado as redes apenas aos 33 minutos, com o meia Raphael Veiga, após cruzamento do atacante Wesley pela esquerda.

O Verdão construiu a goleada no segundo tempo. Aos oito minutos, na sequência de um pênalti desperdiçado pelo atacante Luiz Adriano, o zagueiro Gustavo Gómez marcou de cabeça. Aos 20, Wesley ganhou uma dividida na entrada da área e rolou para o meia Zé Rafael bater cruzado e fazer o terceiro gol. Nove minutos depois, o atacante Rony cruzou pela esquerda para o também atacante Gabriel Veron finalizar. Já aos 35, o próprio Rony fechou o placar.

O Palmeiras aguarda o sorteio dos confrontos da próxima fase da Libertadores, marcado para sexta-feira (23). Pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Verdão retorna a campo neste domingo (25), às 16h (horário de Brasília), contra o Atlético-GO, em Goiânia, pela 18ª rodada da competição.

Confira a classificação da Libertadores.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
publicidade

esportes

Corinthians e Coritiba se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro nesta quarta

Publicado


Nesta quarta-feira (25), o Corinthians entra em campo mais uma vez pelo Campeonato Brasileiro da Série A 2020. Em partida válida pela 23ª rodada do torneio, o Alvinegro enfrenta o Coritiba fora de casa, no estádio Couto Pereira, às 21h30. Confira dez curiosidades do confronto:
– As duas equipes já se enfrentaram 57 vezes na história. E o retrospecto alvinegro é positivo: são 29 vitórias, 12 empates e 16 derrotas, além de 78 gols marcados e 54 sofridos;
– A primeira vez que as duas equipes se enfrentaram foi em um amistoso interestadual. Em 20 de abril de 1941, o Corinthians foi até a capital do estado do Paraná e foi superado por 1 a 0;
– A resposta veio logo no jogo seguinte, que foi, também, a maior goleada do confronto. Em 17 de maio do mesmo ano, o Alvinegro recebeu o Coritiba no Pacaembu, em um amistoso, e venceu por 7 a 3. Os gols corinthianos foram marcados por Teleco (2), Carlinhos, Servílio, Dino, e Milani (2);
– O primeiro jogo oficial entre os dois times foi apenas 28 anos depois. Pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Robertão, o Alvinegro venceu o adversário por 3 a 2 fora de casa, com gols de Rivellino, Benê e Suingue, em 12 de novembro de 1969;
– Já a primeira partida oficial ocorrida fora de casa pelo Brasileirão foi há 38 anos. Também no estádio Couto Pereira, o Coringão venceu por 1 a 0, com gol de Marco Antônio;
– Os dois times já ficaram um máximo de 13 anos sem se enfrentar: isso ocorreu entre o último amistoso, ocorrido em 1956, e o jogo seguinte, este de 1969, pelo Robertão;
– Aliás, o Alvinegro não é derrotado pelo adversário desde 2011, quando perdeu por 2 a 1 fora de casa. De lá para cá, foram 13 jogos, sendo oito vitórias e cinco empates;
– Em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro, o retrospecto do confronto também é positivo para o Timão: são 22 vitórias, dez empates e 11 derrotas, com 55 gols marcados e 38 sofridos;
– E em partidas como visitante, o Timão não perde há seis jogos: desde 2012, foram uma vitória e cinco empates longe de seus domínios;
– O último confronto entre as duas equipes ocorreu neste ano. No primeiro turno do Brasileirão, o Coringão recebeu o adversário na Neo Química Arena em 19 de agosto de 2020, e venceu por 3 a 1, com gols de Léo Natel, Jô e Gustavo Silva.-

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana