Escola Pública

Pais podem acompanhar notas e frequência escolar dos alunos pelo App

Publicado

A partir de agora, pais e responsáveis pelos estudantes da rede estadual de educação de Mato Grosso podem acompanhar as notas e a frequência escolar dos alunos diretamente em seus aparelhos de celular, pelo aplicativo MT Cidadão. O app ainda permite que os responsáveis tenham acesso a todo calendário escolar.

A atualização mais recente do app MT Cidadão incluiu a seção Minha Escola para facilitar o acompanhamento da vida acadêmica dos estudantes da rede pública estadual. A seção fica disponível apenas para os responsáveis de alunos matriculados nas escolas estaduais.

A proposta é um desejo antigo da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) de fortalecer a comunicação dos estudantes, familiares, responsáveis e as escolas. Ao mesmo tempo informando sobre o desempenho do aluno, bem como dando mais segurança a respeito da rotina dos jovens.

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, destacou a importância do aplicativo MT Cidadão para a melhoria do desempenho escolar dos alunos.

“Agora o pai não terá mais desculpa para não participar da vida escolar do filho, pois de onde ele estiver poderá acessar o aplicativo pelo próprio celular. Ele conseguirá verificar dados referentes à frequência e o desempenho escolar do filho, ou seja, se o seu filho está construindo os conhecimentos necessários ou se está com alguma dificuldade nesta construção. A participação do pai nesse processo é muito importante para construirmos uma nova história na educação de Mato Grosso”.

Para acessar o aplicativo, os responsáveis devem baixar gratuitamente o App MT Cidadão, disponível na loja Google Play, para o sistema Android, e para o sistema IOS na App Store. O login de usuário e senha podem ser usados, tanto no portal, como no aplicativo.

MT Cidadão

O MT Cidadão é uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso que visa ampliar a transparência e prestação de serviços ao cidadão. Desenvolvido e mantido pela MTI, é uma plataforma de transformação digital que possibilita a troca de informações entre vários órgãos e entidades governamentais por meio de uma rede segura de interoperabilidade de dados.

O aplicativo disponibiliza em um só lugar, vários serviços digitais essenciais e relevantes para o cidadão.

A plataforma de transformação digital conta com três pilares fundamentais, a X-Via, plataforma que subsidia o ambiente de dados, o App e o Portal MT Cidadão, para prestação de serviços públicos.

Conforme o diretor-presidente da MTI, Antônio Marcos, atualmente a plataforma conta com mais de 50 e-serviços disponíveis e que podem ser realizados sem sair de casa, como gerar guias do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), solicitar carteiras de habilitação e identidade, conferir boletim escolar de alunos matriculados na rede, entre outros serviços que são adicionados à plataforma mensalmente.

A atualização está disponível para Android na loja Google Play e para o sistema IOS na App Store.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Alunos da rede estadual do Pará voltarão às aulas presenciais em 2021

Publicado


As aulas presenciais da rede estadual de ensino no Pará só serão retomadas em 2021. O comunicado foi feito na tarde desta terça-feira (27) pelo governador Helder Barbalho. Devido a pandemia de covid-19, as atividades presenciais foram suspensas no estado em 18 de março

Escola Presidente Costa e Silva em  Belém do ParáEscola Presidente Costa e Silva em  Belém do Pará

Escola Presidente Costa e Silva em Belém do Pará – Jader Paes/Agência Pará

Segundo o governo, a decisão visa assegurar a proteção da saúde e segurança da comunidade escolar no enfrentamento ao novo coronavírus, e é baseada “no conhecimento científico e nas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS)”. O governador afirmou que espera que o retorno seja em um cenário no qual a vacina já seja uma realidade.

Segundo o governador, a decisão foi tomada em conjunto com a secretaria de educação para garantir a saúde e a proteção das pessoas. “Pensando em saúde e em proteger nossos alunos, a decisão acertada é que não haja o retorno das aulas presenciais, para que as escolas não venham a ser um ambiente de transmissão viral e que isto possa potencializar a circulação do vírus, colocando em risco a vida das pessoas e, eventualmente, colapsando o sistema de saúde.”

O governador afirmou que as aulas remotas seguem até o final de 2020 para os 575 mil estudantes da rede pública estadual de ensino. “Continuaremos com as aulas remotas e com as ações para os nossos alunos que estão concluindo o ensino médio e que estarão participando do Enem. Nossa plataforma digital está em funcionamento, a distribuição de chips para acesso a dados, da mesma forma.”

O coordenador geral Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação Pública do Pará, Beto Andrade, disse que esta era uma demanda da categoria. “Essa é uma luta que o sindicato veio travando ao longo de todo este ano, contra o retorno sem as condições de segurança, sem as garantias de imunização, inclusive, de nossa categoria. Essa fala do governador vai ao encontro daquilo que temos defendido.”

Em todo o estado, desde 1º de setembro um decreto permitiu a volta às aulas nas escolas particulares.

Ouça na Radioagência Nacional.

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana