Rondonópolis

Os moradores dos Residenciais Lúcia Maggi e Padre Miguel já podem utilizar a rede de esgoto

Publicados

em

Com quase 100% de cobertura de rede de esgoto no município, o Sanear liberou nesta terça-feira (28) a ligação do esgotamento sanitário para os moradores dos Residenciais Lúcia Maggi e Padre Miguel,   

A equipe do departamento de esgoto da autarquia está comunicando porta a porta 329 residências e estabelecimentos comerciais, orientando o procedimento correto de ligação na rede de esgoto e, a maneira adequada para eliminar a fossa séptica.

O Jardim Montreal e o condomínio Ibiza, ainda em construção, cerca de 410 residências, serão beneficiados com a nova elevatória de esgoto.

Com esta nova obra mais 3 mil pessoas terão acesso ao saneamento básico em Rondonópolis. O serviço de água e esgoto no município é público e conta com mais de 96% de cobertura de rede de esgotamento sanitário. 

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Comentários Facebook
Propaganda

Rondonópolis

Prefeitura promove palestra para pequenos produtores na Exposul

Publicados

em

A Prefeitura de Rondonópolis por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária possibilitou aos produtores da agricultura familiar participarem da palestra “Como obter altas produtividades em HF” realizada nesta terça-feira (9), no Parque de Exposições de Rondonópolis – Wilmar Peres de Farias.

O evento ocorreu em parceria com a empresa Araguaia abordando sobre adubação, pulverização, uso correto de inseticida, entre outros assuntos que visam melhorar a produtividade de hortifrútis dos pequenos produtores da cidade e da região.

“Vamos orientar os produtores como conduzir esse trabalhos no campo, no dia-a-dia. São produtores daqui, Poxoréu, São José do Povo, de todas as regiões daqui que buscam o conhecimento técnico”, pontuou o secretário Adilson do Naboreiro.

A parceria começou com a montagem da horta de apresentação para demonstrar como manter uma família produtora de hortifrútis em um espaço de mil metros quadrados possibilitando uma renda mensal de R$ 5 mil a R$ 10 mil.

A palestrante coordenadora de hortifrúti, Scheila da Rolt, abordou sobre manejo, assistência e desenvolvimento no campo como correção através de análise de solo, utilização de fertilizantes adequados nos estágios de desenvolvimentos certos das plantas visando praticidade e economia, pois alguns produtores utilizam fontes ou doses acima do que a planta necessita e até mesmo em momento inadequado.

“Há nossa responsabilidade social com o produtor de ajudá-lo a produzir mais nas áreas que ele tem, sem precisar de novas áreas de abertura e sem gastar muito”, comentou Rolt.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana