TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Órgão de apoio a egressos do sistema prisional será instalado em Cáceres

Publicados

em


A Comarca de Cáceres será a próxima a contar com o equipamento público de apoio às pessoas que recebem liberdade do sistema prisional, o Escritório Social. As tratativas para a criação física e organizacional do órgão foram feitas em uma reunião realizada no Fórum de Cáceres no dia 1º de abril (sexta-feira).
 
Na ocasião, foram destacadas as diretrizes do projeto, a importância de dar atenção a quem sai de presídios e cadeias e oferecer suporte do Estado em termos de trabalho, educação, assistência social, cidadania e saúde.
 
O principal objetivo é implantar o Escritório Social na comunidade de Cáceres, onde serão oferecidos toda a rede de apoio e acompanhamento ao pré-egresso e ao egresso, no intuito de que essas pessoas possam sair para o regime semiaberto com todo um apoio em amplitude, diante de todas as necessidades que todo ser humano possui para ter uma vida digna.
 
“É, de fato, uma transformação do indivíduo, algo mais profundo, é oportunizar e preparar, acompanhar tanto ele quanto sua família para que ele possa ser reinserido no seio da comunidade e da família. É importante que tenhamos a consciência e saibamos que, de fato, toda pessoa presa vai sair para o meio aberto, mais dias ou menos dias. Nós estamos trabalhando para que, quando esse indivíduo sair, ele seja acolhido e reinserido na comunidade”, destacou a juíza Helícia Vitti Lourenço, da 1ªVara Criminal de Cáceres e integrante do Grupo de Monitoramento e Fiscalização Carcerária (GMF).
 
Os magistrados que conduzem o grupo, desembargador Orlando Perri (supervisor) e o juiz Geraldo Fidelis (coordenador) participaram da reunião de alinhamento, bem como a prefeita de Cáceres, Eliene Liberato.
 
“É um projeto muito importante que foi apresentado para todos nessa comitiva especial, que vem fortalecer e potencializar nossas políticas. Sabemos do quanto é importante dar oportunidade para os pré-egressos e egressos do sistema prisional. Precisamos qualificar na própria rede e inseri-los, dando oportunidade para esse pai de família, esse jovem ou a essa mulher para que voltem para a sociedade e sua família”, pontuou a prefeita.
 
Atualmente, há 374 homens detidos na Cadeia Pública de Cáceres, sendo que 42 trabalham extramuros e 15 intramuros.
 
Leia também:
 
 
 
 
Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual.
Primeira imagem: Foto horizontal da juíza Helícia concedendo entrevista para a TV.JUS. Ela tem cabelos loiros, usa vestido roxo e batom cor de vinho. Segura um microfone. Ao fundo vemos uma cortina cinza e corredores do fórum.
Segunda imagem: Foto horizontal da prefeita Eliene concedendo entrevista para a TV.JUS. Ela usa óculos preto, tem cabelos pretos, usa blusa estampada preto e branco. Ao fundo vemos uma cortina cinza e corredores do fórum.
 
Mylena Petrucelli
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 

Comentários Facebook
Propaganda

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Sem internet no Fórum, expediente presencial em Colniza é interrompido nesta terça-feira

Publicados

em

 A juíza diretora da Comarca de Colniza, Lucélia Oliveira Vizzotto, publicou a portaria nº 20/2022 determinando a suspensão do expediente presencial no Fórum, nesta terça-feira (28), a partir das 15h30, devido à indisponibilidade do serviço de internet.
 
Os servidores e as servidoras manterão o atendimento em home office durante o período em que a sede do Fórum não tiver conexão com a internet. Quanto aos prazos processuais que se iniciam ou encerram nesta data, foram prorrogados para o primeiro dia subsequente.
 
Para entrar em contato com a Comarca, basta utilizar os meios digitais oferecidos pelo Poder Judiciário de Mato Grosso. No site do Tribunal de Justiça, é só clicar em Canais Permanentes de Acesso, ir em Comarcas e buscar por Colniza, na aba estarão os contatos do Gabinete e da Secretaria.
 
 
 
Andhressa Barboza
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana