Lucas do Rio Verde

Operação retira 53 celulares da unidade penal de Lucas do Rio Verde

Publicado

Ação integrada no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Lucas do Rio Verde (a 334 km ao Norte de Cuiabá) terminou com a apreensão de 53 celulares. A operação denominada “Reclusos II” começou na segunda-feira (27.07) e terminou no final da manhã deste sábado (01.08). A revista ocorreu nas 12 celas da unidade penal, que abriga 229 homens.

No primeiro dia da operação, além dos Policiais Penais da unidade, foram empregados também efetivos da Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Canil do Gefron e o Ministério Público Estadual (MPE) também participaram da ação. Já a partir de terça-feira (28.07), as ações repressivas foram executadas pelos profissionais da unidade.

Além da revista minunciosa, os servidores também realizaram a retirada de tomadas das celas e readequação da iluminação e ventilação da unidade. A medida serve para impedir o uso de celulares pelos reeducandos no interior do CDP.

“Atuamos durante toda a semana e dedicamos, em média, quatro horas em cada cela para fazer a vistoria. Avalio como positiva esta ação para ampliar a segurança na nossa unidade”, argumenta o diretor do CDP, Ronaldo Frutuoso.

No primeiro dia de revista foram 22 celulares apreendidos. Já na quarta-feira (29.07) foram 23 aparelhos, seguido de dois celulares na quinta (30.07) e seis neste sábado (01).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Cuiabá e VG registram 63% a mais de mortes no trânsito em comparação a 2019

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

O trânsito no Brasil continua fazendo inúmeras vítimas e na região metropolitana de Cuiabá, as estatísticas não são diferentes, com dezenas de pessoas que perderam a vida nas ruas. Na comparação entre os meses de março e julho deste ano com o mesmo período de 2019 houve um aumento de 63% no número de mortes registradas na Capital e em Várzea Grande.

O levantamento realizado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), que atende ocorrências nas duas maiores cidades do estado, aponta que no período de março a julho do ano passado foram 63 mortes registradas em acidentes de trânsito, enquanto que no mesmo período deste ano os números subiram para 103 ocorrências.

O número deste ano é maior também que o registrado no mesmo período de 2018, quando ocorreram 97 mortes causadas por acidentes em vias públicas.

O delegado titular da Deletran, Christian Alessandro Cabral, explica que o período noturno permanece com a maior parte das incidências registradas no período. “Além disso, os finais são os dias com mais ocorrências, sendo a tarde e a noite de domingo com a maioria dos registros de acidentes fatais”.  

Foram registrados nestes cinco meses 11 mortes no trânsito no período compreendido entre 18 e 0 hora. Já nas tardes de domingo foram oito óbitos, seguido de cinco registros na madrugada dos sábados.

Em um dos acidentes registrados no mês de abril, no bairro Nova Várzea Grande, uma mulher de 29 anos morreu após a motocicleta que ela conduzia colidir com um micro-ônibus, que invadiu a preferencial. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. O condutor do micro-ônibus fugiu do local.

Outra morte registrada, também em Várzea Grande, ocorreu na Rodovia dos Imigrantes, quando uma mulher de 59 anos, que caminhava pelo acostamento, foi atropelada por um veículo que seguia no mesmo sentido. O motorista fugiu do local e foi localizado em um posto de combustível próximo ao trevo para Santo Antônio de Leverger. O teste de etilômetro constatou 0,46 mg/l de álcool no sangue e ele foi encaminhado à Central de Flagrantes de Cuiabá, onde foi autuado em flagrante por homicídio culposo, condução de veículo com capacidade psicomotora alterada e evasão de local de acidente.

Agosto

O início deste mês não está diferente das estatísticas anteriores. Em apenas um dia desta semana, a Deletran registrou cinco mortes decorrentes de acidentes no trânsito Nesta terça-feira, a delegacia atendeu a uma ocorrência registrada no km 20 da rodovia MT-010, próxima ao Distrito de Nossa Senhora da Guia, onde três pessoas morreram na colisão entre um veículo de passeio e um caminhão. As vítimas, um homem e duas mulheres, tinham entre 32 e 47 anos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana