mato grosso

Operação Lei Seca prende sete pessoas por embriaguez ao volante em Várzea Grande

Publicados

em

A 71ª edição da Operação Lei Seca flagrou 13 pessoas conduzindo veículo sob efeito de álcool e prendeu outras sete por embriaguez ao volante. Os flagrantes foram registrados durante abordagens na noite desta quarta-feira (24.11), na avenida da FEB, bairro da Manga, em Várzea Grande.

Conforme informações do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), foram 88 veículos abordados durante a ação e cada um dos seus condutores passaram pelo teste de alcoolemia, apenas cinco deles se recusaram a fazer o teste. Além disso, foram aplicados 73 Autos de Infração de Trânsito (AIT), multas, por irregularidades conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A operação também resultou no recolhimento de 44 veículos, sendo 37 deles são automóveis e sete motocicletas, também, por estar em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro. Desse total, 22 documentos foram recolhidos, sendo 14 Carteiras de Nacionais de Habilitação (CNH) e oito Certificados de Registros e Licenciamento de Veículos (CRLV).

A operação flagrou 29 pessoas na direção de veículo sem registro ou não licenciado e também identificou 12 pessoas na direção mesmo não portando a CNH. Onze condutores abordados durante a operação assinaram Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por que foram flagrados conduzindo veículos sem possuir CNH.

A operação Lei Seca é uma ação organizada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito, Departamento de Trânsito (Detran), Polícia Penal e a Guarda Municipal de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

PM lamenta o falecimento do ex-comandante-geral da instituição

Publicados

em


É com profundo pesar que a Polícia Militar de Mato Grosso informa o falecimento do ex-comandante da PMMT, coronel Jorge Luiz de Magalhães, de 53 anos, no início da noite desta segunda-feira (06.12), na Capital.  

Coronel Jorge Luiz passava por um procedimento de cateterismo no Hospital São Mateus, quando sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. O policial militar ingressou na instituição no ano de 1991. Comandou importantes unidades da PMMT na região metropolitana e no interior do Estado, além de conquistar o mais alto cargo da instituição, o de comandante–geral da PMMT, nos anos de 2016 a 2017. Atualmente, Jorge Luiz estava trabalhando na Coordenadoria Militar do Ministério Público Estadual. 

Para o comandante–geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, o ex-comandante deixa seu legado na história da corporação. “O coronel Jorge Luiz formou na Polícia Militar do Estado de Goiás, serviu em unidades importantes, como o 1º Comando Regional de Cuiabá, Água Boa, e tantas outros Batalhões. É sem dúvida uma grande perda para nossa instituição”.  

O Comando Geral da Polícia Militar e toda sua tropa lamenta a repentina perda do oficial, que deixa esposa e filhos, para os quais oferece apoio e as mais sinceras condolências. Para se despedir do valoroso militar, a PM está organizando o cortejo fúnebre para prestar as merecidas honras militares ao coronel.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana