BRASIL E MUNDO

Olaf Scholz é eleito novo chanceler da Alemanha para suceder Merkel

Publicados

em


source
 Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha
Reprodução/Flickr

Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha

Os 16 anos de Angela Merkel à frente da Alemanha chegam ao fim nesta quarta-feir a, com a transferência do governo para a coalizão tripartite liderada pelo social-democrata Olaf Scholz .

Ao novo chanceler, caberá não só suceder uma das líderes mais populares e respeitadas do planeta, mas também guiar a principal economia da Europa em um momento de turbulências múltiplas que vão da pandemia à crise interna na União Europeia.

Scholz e o seu governo conjunto com os Verdes e o Partido Democrático Liberal (FDP) — a primeira aliança tripla alemã após a Segunda Guerra Mundial — foram formalmente eleito pelo Bundestag, o Parlamento do país, na manhã desta quarta, endossado por 395 dos 736 parlamentares em uma votação secreta.

Os três improváveis parceiros, cujas desavenças por si só devem complicar a vida novo chanceler, prometem ter como prioridade acelerar a transição verde alemã, combater a pandemia e fortalecer o bloco europeu.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Ministério da Economia terá escritório na capital dos Estados Unidos

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (26) decreto que cria o Escritório de Representação do Ministério da Economia do Brasil em Washington-DC, capital do Estados Unidos da América (EUA). O texto será publicado na próxima edição do Diário Oficial da União (DOU). 

Segundo o governo, o escritório tem por objetivo “consolidar a imagem do país como ambiente seguro para se fazer negócios, com responsabilidade nas dimensões ambiental, social e de governança”.

Entre as atribuições da equipe que coordenará a representação está a divulgação das reformas econômicas implementadas no Brasil, que podem dar mais segurança na atração de investidores.

“Caberá ao escritório, em total alinhamento com o Ministério das Relações Exteriores, promover as oportunidades de negócios que tragam geração de emprego e renda ao país. Além disso, identificar as barreiras aos investimentos estrangeiros e demonstrar a estabilidade e solidez macroeconômica do país”, informou a Secretaria-Geral da Presidência, em nota.

O Brasil já dispõe de outros órgãos com foco em atração de investimentos estrangeiros, como a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que possui escritórios nos EUA, além dos setores econômicos das próprias embaixadas.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana