mato grosso

Ocupação dos leitos de UTI cai para 78,68% em Mato Grosso

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 417 internações em UTIs públicas e 343 em enfermarias públicas. A taxa de ocupação está em 78,68% para UTIs adulto e em 43% para enfermarias adulto.

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (09.05), 373.121 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 10.149 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 260 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 373.121 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.140 estão em isolamento domiciliar e 353.259 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 417 internações em UTIs públicas e 343 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,68% para UTIs adulto e em 43% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (79.065), Rondonópolis (27.379), Várzea Grande (25.604), Sinop (19.538), Sorriso (12.911), Tangará da Serra (12.284), Lucas do Rio Verde (11.537), Primavera do Leste (10.187), Cáceres (7.939) e Alta Floresta (7.173).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 323.270 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 69 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (08), o Governo Federal confirmou o total de 15.145.879 casos da Covid-19 no Brasil e 421.316 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 15.082.449 casos da Covid-19 no Brasil e 419.114 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governador articula com presidente melhorias em estradas, construção de 20 mil casas populares e projetos de Turismo

Publicados

em


O governador Mauro Mendes articulou junto ao presidente da República, Jair Bolsonaro, melhorias em rodovias federais em Mato Grosso, construção de casas populares e também projetos para o Turismo.

A reunião ocorreu na manhã desta terça-feira (27.07), e contou com a participação dos ministros Marcelo Queiroga (Saúde), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo); dos senadores Carlos Fávaro, Jayme Campos e Wellington Fagundes; e do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

Conforme Mauro Mendes, Mato Grosso é o maior produtor brasileiro de commodities agrícolas e é preciso avançar nas demandas de Infraestrutura e Logística.

“Uma reunião extremamente positiva. Falamos de Infraestrutura, de BR-158, BR-242, BR-080, BR-174, que são rodovias federais importantes e, discutimos de que forma – em parceria entre Governo Federal e Governo do Estado – poderemos resolver essas questões dessas obras, para que tenham uma evolução maior. Queremos muito melhorar essas rodovias, considerando que hoje fazemos grandes investimentos nas rodovias estaduais. Saí muito animado dessa reunião”, declarou o governador.

Mauro Mendes ainda apresentou ao presidente e ao ministro Rogério Marinho um projeto para a construção de mais 20 mil casas populares em Mato Grosso, por meio de cooperação entre os governos federal, estadual e municipal.

“Nesse projeto, as prefeituras vão entrar com o terreno, o Governo do Estado vai entrar com a Infraestrutura e a Caixa Econômica Federal vai financiar. O presidente encaminhou essa pauta ao ministro Rogério Marinho e ainda nesta tarde vamos afinar melhor essa discussão”, explicou Mauro Mendes.

Ainda na reunião, o chefe do Executivo Estadual solicitou ao presidente a cessão da responsabilidade do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães para o Governo de Mato Grosso.

Isso porque o Estado está com diversos projetos para melhorar a infraestrutura do local, a exemplo do “Portão do Inferno” e da Cascata Véu de Noiva, para trazer mais conforto, atrativos e acessibilidade, de forma a ampliar o potencial turístico e garantir maior preservação.

“Queremos fazer ali um grande investimento na área de Turismo, de preservação, mudar o plano de manejo, e usar melhor aquele parque. Com isso, vamos potencializar o desenvolvimento do Turismo, a geração de emprego e renda na Baixada Cuiabana e trazer mais preservação. E o presidente vai remeter esse assunto ao Ministério do Meio Ambiente”

O senador Carlos Fávaro destacou que a reunião foi importante para mostrar que o Governo do Estado e a bancada federal querem trabalhar em unidade com o Governo Federal em prol dos mato-grossenses.

“A reunião mostrou que podemos caminhar juntos e trabalhar pelos interesses do Brasil e de Mato Grosso”, pontuou.

Jayme Campos avaliou a visita como produto, pois tratou de assuntos de interesse direto da população do estado.

“Nossa visita vai trazer resultados positivos, não só em relação às rodovias, ferrovias, mas em habitação, em meio ambiente. Foi uma conjugação de esforços para buscar políticas efetivas em prol do povo mato-grossense. Esse projeto das casas populares, por exemplo, vai reduzir muito o déficit habitacional no estado”, disse.

Para Wellington Fagundes, a parceria entre Governo Federal, bancada federal e Governo do Estado é importante para trazer mais resultados a Mato Grosso.

“O que o governador trouxe foi justamente a parceria. Tanto do que o Governo do Estado pode colocar, como daquilo que os parlamentares podem alocar em emendas, principalmente nas estradas federais, como a BR-242, a BR-158, e a BR-080”, declarou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana