Cuiabá

Nova edição do Qualifica estima atingir 10 mil pessoas com cursos profissionalizantes

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

O programa de formação profissional idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro, o “Qualifica” vai ganhar uma nova edição. Com a meta de atingir 10 mil pessoas, o programa será executado desta vez pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Secretaria da Mulher e vai utilizar dos dados do Sine para dimensionar público e demanda de mercado para ofertar os cursos de qualificação profissional.

“Tivemos três edições que deram muito certo e por isso vamos ampliar. A população de Cuiabá é trabalhadora, tem muito talento e vamos só lapidar, auxiliar no primeiro passo do caminho profissional”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

Investir na profissionalização da população cuiabana sempre foi uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, mas durante a pandemia se tornou uma prioridade. O banco de dados do Sine Municipal será utilizado para subsidiar a definição dos cursos ofertados e também dimensionar o público, suas principais necessidades e as demandas do mercado.

“Nós fizemos hoje a primeira reunião de planejamento do cronograma das atividades de capacitação e ampliação do programa Qualifica em 2021. Vamos buscar parcerias do Senai, Sebrae, Senac, que já tem um histórico conosco e estamos abertos aos novos parceiros que queiram somar com a gestão Emanuel Pinheiro nesse programa de fomento a geração de emprego e renda para a nossa gente”, disse o secretário de Agricultura, Francisco Vuolo.

Além de oferecer cursos que atendam as demandas do mercado, a gestão Emanuel Pinheiro quer continuar a fomentar o empreendedorismo do público feminino. “Nós sabemos que muitas mulheres são as chefes de suas famílias e que outras contribuem com boa parte da renda, além de também ser uma importante ferramenta para a independência financeira de muitas, por isso é tão importante continuarmos com a capacitação voltada para este público”, comentou a secretária da Mulher, Luciana Zamproni.

O Programa Qualifica tem como principal objetivo contribuir para a qualificação profissional das famílias de baixa renda em Cuiabá. Em suas edições anteriores, foram ofertados cursos nas mais diversas áreas, como alimentação, informática, empreendedorismo, recursos humanos e estética, os participantes ficam preparados tecnicamente para o mercado de trabalho.

“Desde 2018, quando o programa foi lançado, formamos cerca de 4.5 mil pessoas em três edições. Um projeto que partiu de um sonho da primeira-dama Márcia Pinheiro e que, com a gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro tornou-se possível. Que venham as novas edições e as novas parcerias, que possamos continuar sonhando juntos e transformando a vida das pessoas”, disse a secretária de Assistência Social, Hellen Ferreira.

Por meio de uma parceria firmada com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial- Senai, os cursos foram 100% gratuitos e realizados nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), localizados próximos as residências dos alunos para facilitar o acesso do público, que muitas vezes não tem dinheiro para pagar a condução.

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Projeto da vereadora Michelly garante passe livre para atletas de Cuiabá

Publicados

em


Carol Siqueira/Secom Câmara

A vereadora Michelly Alencar (DEM) apresentou nesta terça-feira (18.05) projeto que garante passe livre no transporte público municipal para atletas e paratletas de Cuiabá. O objetivo é fomentar a prática esportiva, principalmente para crianças e adolescentes de baixa renda, influenciando o desenvolvimento do esporte profissional na capital.

Conforme o projeto, o “Passe Livre Atleta” abrange todas as modalidades esportivas registrados em suas respectivas associações ou federações, estendendo a garantia aos acompanhantes de menores de 14 anos e ao acompanhante responsável pelos cuidados do paratleta.

Para a vereadora, &nbspo esporte é um fator de inclusão social e o projeto estimula aqueles que têm poucas condições financeiras a continuar com seus treinamentos e a participar de competições.

A parlamentar convidou o atleta olímpico Vicente Lenilson para participar da Tribuna Livre da Câmara e contar sobre sua história de vida e como o esporte foi um instrumento de transformação.

“Antes de praticar o esporte, existiam duas portas na minha frente: a porta ruim e a porta do esporte. O meu professor de educação física me ajudou a entrar na porta do esporte, nunca conheci o outro lado. Assim como o esporte mudou a minha vida, pode mudar a de muitos atletas de Cuiabá”, disse.

Desde 2014 o Instituto Vicente Lenílson atende mais de 100 jovens atletas sem contar com o apoio do Poder Público. Para ele, o projeto Passe Livre Atleta já é uma oportunidade para o incentivar a permanência dos alunos em suas atividades. Ele ainda citou exemplo da cidade de Presidente Prudente, onde esse incentivo foi criado e fomentou a participação de jovens no esporte.

Tendo o desenvolvimento do esporte como uma das bandeiras de mandato, a vereadora pediu a sensibilização dos colegas para defesa desse projeto. Como se trata de uma proposta que altera o orçamento do Executivo, ela apresentou um anteprojeto de lei à Prefeitura.

“Quando era repórter de esporte contei e acompanhei muitas histórias de jovens que não tinham dinheiro para sair da escola, irem para a casa e depois irem para o treino, ficavam na rua, sem conforto. Muitos desistiram. Quantos talentos não perdemos? Então peço a sensibilização da Prefeitura e de todos os vereadores para este projeto. Quando falamos de esporte, falamos de educação e transformação de vidas”, defendeu a vereadora.

Ana Rosa Fagundes/Secom Vereadora Michelly Alencar

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana