MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Nova diretoria da OAB/MT mantém compromisso de priorizar diálogo

Publicados

em


Integrantes da nova diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso, que tomarão posse no dia 17, realizaram nesta segunda-feira (06) visita de cortesia ao procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira. Durante o encontro, os representantes das duas instituições reafirmaram o compromisso de priorizar o diálogo e dar continuidade às parcerias realizadas.

O procurador-geral de Justiça destacou a importância da advocacia e assegurou que, durante a sua gestão, tem buscado ser impessoal, sempre no sentido da transparência. “A advocacia tem que ser respeitada. Eventuais discordâncias devem se restringir às teses e que vençam as posições que melhor atendam à sociedade”, afirmou.

Borges lembrou que antes de ingressar na carreira do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, advogou por quatro anos. “Essa experiência foi muito importante para a minha vida profissional. A Justiça não se resume ao Judiciário, é um sistema que inclui também o Ministério Público e a advocacia”, observou.

A presidente eleita da OAB, Gisela Cardoso, disse que dará continuidade ao trabalho que vem sendo realizado pela gestão atual e se colocou à disposição do Ministério Público para novas parcerias. “Aproveito também para reforçar o convite para a solenidade de posse, que ocorrerá nas dependências da Assembleia Legislativa”, disse. O encontro contou também com a participação do atual presidente da OAB/MT, Leonardo Campos.

A composição da nova Diretoria da OAB/MT conta também com José Carlos de Oliveira Guimarães na vice-presidência, Fernando Augusto Vieira Figueiredo na secretaria-geral; Adriana Paula Tanssini Rodrigues Silva na secretaria-geral adjunta; e Helmut Flávio Preza Daltro como diretor-tesoureiro. Já a Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-MT) será presidida por Itallo Leite, com Clarissa Lopes Dias Malluf Pereira como vice.

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Ações do Vida Plena em 2021 abrangem mais de 1,7 mil pessoas

Publicados

em


Um total de 1.749 pessoas, entre membros, servidores, estagiários e terceirizados do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, foram contempladas com ações do Vida Plena em 2021. A abrangência não inclui todas as atividades realizadas, já que algumas delas ocorreram de forma online e não foi possível a mensuração. 

A ampliação das ações de qualidade de vida no trabalho, conforme a coordenadora do Vida Plena e promotora de Justiça auxiliar da Procuradoria-Geral de Justiça, Claire Vogel Dutra, foi fundamental para a materialização no ano passado do Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho, vinculado à Gerência de Desenvolvimento do Departamento de Gestão de Pessoas.

“Esse núcleo tem como missão auxiliar a administração superior na implementação de estratégias de melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho, por meio do fomento e coordenação de projetos e ações voltadas à promoção da saúde do trabalhador e da trabalhadora, além da prevenção de agravos e doenças no contexto laboral, considerando as dimensões física, mental e social da saúde em seu conceito ampliado”, destacou a promotora de Justiça.

O Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho, segundo ela, atua em quatro frentes: Melhorias no ambiente de trabalho, integração, saúde no trabalho e campanha e sensibilização. A promotora de Justiça ressalta que as ações realizadas no ano passado contemplaram as quatro frentes.

Como exemplo, ela cita a realização de ações para a implementação de medidas de biossegurança, desenvolvimento de atividades de integração e apoio à gestão de pessoas às unidades ministeriais, intervenção multiprofissional às demandas individuais, mapeamento dos casos de Covid-19 na instituição, revisão do Guia de Orientações sobre a Covid-19 e desenvolvimento de campanhas.

A elaboração da Carta de Serviço do Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho – Vida Plena, a criação do Link do Núcleo no site do MPMT e a construção da Política de Prevenção e Enfrentamento à Violência Laboral, ao Assédio Moral e Sexual e Todas as Formas de Discriminação também foram importantes conquistas obtidas no ano passado.

Confira aqui a íntegra do Relatório das ações realizadas. 

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana