TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Nosso Judiciário retoma atividades com acadêmicos

Publicados

em


 
A primeira edição do projeto Nosso Judiciário de 2022, com a apresentação do Tribunal de Justiça a acadêmicos do curso de Direito, foi realizada nesta terça-feira (5 de março), com alunos da Unic Pantanal.
 
Os estudantes visitaram o Plenário Desembargador Wandyr Clayt Durarte, onde são realizadas as sessões presenciais do Tribunal Pleno, percorreram os corredores do Palácio da Justiça, tiveram palestra sobre o Órgão Especial, Processo Judicial Eletrônico (PJe), aprenderam diversos conteúdos da Coordenadoria Judiciária e foram recebidos por um magistrado no Espaço Memória.
 
“Achei muito importante para aperfeiçoar nosso conhecimento, ter a parte prática necessária, para vermos como funciona o sistema e fazer brilhar nossos sonhos futuros. Estou encantada, achei tudo lindo, amei a experiência”, afirmou a estudante Suellen dos Santos Sousa, 20 anos, que está no 5º semestre e tem o desejo de ser magistrada.
 
O juiz auxiliar da Presidência Paulo Márcio Soares de Carvalho compartilhou sua experiência como magistrado e discorreu sobre diversos assuntos, desde as características do estado de Mato Grosso, produtividade dos tribunais, prestação jurisdicional, dentre outros.
 
“Eu conheço todas as comarcas de Mato Grosso. Somos um estado muito peculiar, em que os conflitos são diversos e cada vez mais crescentes, de forma que o Judiciário não dá conta de tudo. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso conseguiu obter o selo ouro, forjado com nosso sangue, de magistrados, servidores, advogados, acadêmicos. Estamos vivendo um momento histórico e vocês são parte disso”, discursou.
 
Ao todo, participaram da iniciativa 26 alunos do 4º ao 10º semestre, que saíram com a experiência presencial e ainda com um glossário jurídico para apoio pedagógico. Os servidores Neif Feguri, Bruno José Fernandes e Antonio Cegatti conduziram o trabalho.
 
Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual.
 
Primeira imagem: Foto horizontal com 15 pessoas visitando o Espaço Memória. Vemos o servidor Neif de camisa branca com o braço esticado explicando, vários púlpitos com documentos históricos dentro de vidros e um plenário da década de 1960 que compõem o espaço.
 
Segunda imagem: Foto horizontal da estudante Suellen com olhar atento ao palestrando, segurando caneta azul e papel branco. Ela veste um terninho azul marinho, tem cabelos pretos e lisos.
 
Terceira imagem: Foto vertical do juiz Paulo Márcio explanando aos alunos. Ele veste terno preto, camisa branca e gravata. Tem cabelos grisalhos e usa óculos. Ao fundo vemos bandeiras do Brasil e de Mato Grosso.
 
Mylena Petrucelli
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
 
 

Comentários Facebook
Propaganda

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Poder Judiciário apoia o 1º Arraiá do Serviço do Acolhimento de Alto Taquari

Publicados

em

As crianças e adolescentes que se encontram no Serviço do Acolhimento de Alto Taquari (a 479 km ao sul de Cuiabá) terão um dia pra lá de especial com direito a brincadeiras, quadrilha, comidas típicas e muita animação no 1º Arraiá do Serviço do Acolhimento de Alto Taquari. O Poder Judiciário é um dos apoiadores da festa, que acontece neste sábado (25.06), às 16h, no bairro Gabriela, e irá reunir aproximadamente 100 pessoas entre crianças, adolescentes, colaboradores do Serviço de Acolhimento, Fórum da cidade, Assistência Social e seus familiares.
 
Segundo a Juíza da Vara Única de Alto Taquari, Marina Dantas Pereira, a ideia da festa junina partiu de uma assessora dela como uma oportunidade de confraternização com as oito crianças e adolescentes que estão no Serviço de Acolhimento.
 
“A Grazi trouxe a ideia de fazer a festa junina e todo mundo adorou, principalmente as crianças e adolescentes. Inicialmente era para ser algo mais simples, mas a gente foi conseguindo doações, parcerias e agora vamos fechar a rua em frente ao Lar para realizar o arraiá”, conta.
 
A supervisora do Serviço de Acolhimento a Criança e Adolescente, Lesley Any Batista Ferreira, detalha que uma parte da comida virá da Prefeitura Municipal, outra dos participantes, além de algumas doações. “A comunidade em geral está envolvida, comerciantes, advogados, Ministério Público, doaram dinheiro, brinquedos, comida para que seja um dia especial. A tenda, mesas e cadeiras virão do Grupo Conviver e o som um servidor do Fórum levará”.
 
No cardápio do Arraiá muitas comidas típicas como cachorro quente, cri cri, canjica, pipoca, caldo de costela, bolo de milho, algodão doce e refrigerantes. Além de brincadeiras como pescaria gratuita, dinâmicas, quadrilha e música. “Essa a primeira vez que vamos realizar uma festa desse tamanho, as crianças e adolescentes estão bastante empolgadas. Elas estão ajudando a fazer a decoração e ainda poderão convidar dois amigos para participar. Muitos não veem a hora de começar. Será uma festa familiar, sem bebida alcoólica, mas com muita diversão”, ressalta.
 
#Paratodosverem Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição de imagem: arte colorida retratando o convite, com símbolos juninos como milho, balão de São João, fogueira e bandeirinhas.
 
 
Larissa Klein
Assessoria de Imprensa CGJ
 
 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana