TECNOLOGIA

Netflix perdeu 430 mil assinantes no 2º trimestre nos EUA e no Canadá

Publicados

em


source
Netflix perdeu cerca de meio milhão de assinantes no 2º trimestre
Arthur Henrique

Netflix perdeu cerca de meio milhão de assinantes no 2º trimestre

A primeira gigantes dos streamings está sofrendo com perda de audiência em 2021. De acordo com o site Markets Insider , a última análise dos ganhos e perdas da Netflix no segundo trimestre financeiro mostra que a empresa perdeu 0,43 milhão de assinantes apenas nos Estados Unidos (EUA) e Canadá.

Embora a plataforma tenha conseguido mais assinaturas do que o planejado inicialmente para o período, o segundo trimestre financeiro do ano amargou a perda de quase meio milhão de assinantes. Em carta enviada aos investidores, a companhia considerou os prejuízos como decorrência da pandemia de covid-19 e garantiu que o problema está sendo resolvido. Leia a declaração abaixo:

“Terminamos o trimestre com mais de 209 milhões de assinaturas pagas, um pouco acima de nossa projeção. A pandemia criou alguns problemas no crescimento do nosso quadro associativo (maior crescimento em 2020, crescimento mais lento este ano), que está avançando”.

Mesmo com o revés, a Netflix segue em alta: as estimativas originais de assinantes do serviço foram ultrapassadas no segundo trimestre, com novos 1,54 milhões de assinantes, após a estimativa de 1 milhão para o período. A Netflix prevê mais 3,5 milhões de novos assinantes para seu terceiro trimestre”.

É complicado dizer exatamente o motivo da queda e do porquê meio milhão de assinantes decidirem que era a hora de cancelar a assinatura. Muitas usuários relatam problemas em relação ao conteúdo disponibilizado atualmente – com algumas regiões oferecendo muito menos títulos interessantes do que outras. Quantidade em detrimento da qualidade do catálogo também pode ser outro fator do revés.

Ainda há o crescimento da concorrência. Mesmo com o sucesso considerável e “soberano” em meio à pandemia de covid-19 e os lockdowns, inclusive enfrentando lentidão no serviço devido ao número de acessos simultâneo, cada vez mais novas plataformas de streaming ameaçam o domínio da gigante a cada vez que avançam no mercado, como Amazon Prime Video, HBO Max e Disney Plus.

Leia mais:

Você viu?

Com tanta competitividade, a verdade é que é dizer por quanto tempo a Netflix permanecerá na liderança do mercado.

No Brasil, assinantes do serviço também ameaçam cancelar a assinatura. Recentemente, a empresa aumentou os preços dos planos “para oferecer uma melhor experiência para os usuários”, algo que virou motivo de manifestações nas redes sociais.

De qualquer forma, a Netflix se mantém otimista para o terceiro trimestre de 2021 e espera conquistar mais 3,5 milhões de assinantes, quantidade mais modesta do que o mesmo período em anos anteriores. Caso acerte, a companhia vai chegar a 212 milhões de clientes no mundo.

Fontes: Markets Insider e Screenrant

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

O post Netflix perdeu cerca de meio milhão de assinantes no 2º trimestre apareceu primeiro em Olhar Digital .

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Intel anuncia Core de 12ª geração com tecnologia híbrida e até 16 núcleos

Publicados

em


source
Intel lança nova geração de processadores
Unsplash/Bench Accounting

Intel lança nova geração de processadores

A Intel anunciou nesta quarta-feira (27) os processadores Alder Lake-S, que consistem na 12ª geração de chips Core. Esta leva é formada por seis modelos para desktops, todos focados em desempenho. O mais avançado é o Core i9-12900K, um processador com 16 núcleos e frequência de até 5,2 GHz (em boost).

Esse lançamento é importante para a Intel por vários motivos. O mais importante deles é a abordagem híbrida: os chips Alder Lake combinam núcleos de alto desempenho com núcleos de alta eficiência (econômicos no consumo de energia). Trata-se de um método similar à tecnologia big.LITTLE, por exemplo, que está presente há anos em chips com arquitetura Arm.

Se tomarmos o Core i9-12900K como exemplo, veremos que o chip tem oito núcleos Efficient (econômicos no consumo) e oito núcleos Performance (focados em desempenho). Além disso, a novidade conta com 24 threads. Por que não 32? Simples: os núcleos Performance têm dois threads cada; cada núcleo Efficient possui apenas um.

Vale destacar que os núcleos Efficient são baseados na arquitetura Gracemont e prometem 40% mais desempenho em relação aos núcleos Skylake, mantendo o mesmo padrão de consumo destes.

Já os núcleos Performance são baseados na arquitetura Golden Cove e prometem até 19% mais desempenho do que os núcleos Cypress Cove das unidades Core de 11ª geração para desktops.

Intel Thread Director

Para permitir que núcleos com diferentes propostas trabalhem em conjunto, a companhia implementou uma tecnologia chamada Intel Thread Director. Cabe a ela trabalhar em tempo real para monitorar a execução de instruções e, assim, ajudar o sistema operacional a direcionar cargas de trabalho para o núcleo mais adequado.

A tomada de decisão é baseada em vários parâmetros, mas, via de regra, os núcleos Performance (P) assumem os processos em primeiro plano que são mais exigentes, enquanto os núcleos Efficient (E) ficam com aqueles que estão em segundo plano ou são menos complexos.

Leia Também

De modo geral, essa estrutura permite aos processadores Alder Lake-S terem um ganho de desempenho de até 19% no IPC (sigla em inglês para “instruções por ciclo de clock”) em relação aos chips Core de 11ª geração.

Sem mais demora, estes são os chips anunciados (modelos com a letra ‘K’ são desbloqueados para overclock; chips com a letra ‘F’ não têm GPU integrada):

Modelo Núcleos Threads Clock (GHz) Boost 3.0 (GHz) L3 + L2 (MB) Voltagem / turbo (W) Gráficos
Core i9-12900K 16 (8P + 8E) 24 3,2 (P) / 2,4 (E) Até 5,2 30 + 14 125 / 241 UHD 770
Core i9-12900KF 16 (8P + 8E) 24 3,2 (P) / 2,4 (E) Até 5,2 30 + 14 125 / 241
Core i7-12700K 16 (8P + 4E) 20 3,6 (P) / 2,7 (E) Até 5 25 + 12 125 / 190 UHD 770
Core i7-12700KF 16 (8P + 4E) 20 3,6 (P) / 2,7 (E) Até 5 25 + 12 125 / 190
Core i5-12600K 10 (6P + 4E) 16 3,7 (P) / 2,8 (E) 20 + 9,5 125 / 150 UHD 770
Core i5-12600KF 10 (6P + 4E) 16 3,7 (P) / 2,8 (E) 20 + 9,5 125 / 150

Memória DDR5, PCIe 5.0 e mais

Além da abordagem híbrida, os chips Alder Lake-S se destacam por (finalmente) terem compatibilidade com tecnologias atuais. Para começar, os novos processadores suportam memórias DDR5, alcançando com elas uma taxa de até 4.800 MT/s (megatransfers por segundo).

Memórias DDR4 (até 3.200 MT/s) também são suportadas, bem como as tecnologias PCI Express 5.0 (com até 16 vias), Wi-Fi 6E e Thunderbolt 4.

Porém, para usufruir de tudo isso, é necessário recorrer a uma nova placa-mãe. Primeiro porque os chips Alder Lake-S exigem um novo chipset, como o também recém-anunciado Z690. Em segundo lugar, os novos processadores trabalham com um soquete diferente, o LGA 1700.

Intel Core de 12ª geração: disponibilidade e preços

De acordo com a Intel, os novos processadores serão lançados nos primeiros mercados em 4 de novembro, mas já estão em pré-venda. Nos Estados Unidos, os preços sugeridos são estes:

  • Core i9-12900K: US$ 589
  • Core i9-12900KF: US$ 564
  • Core i7-12700K: US$ 409
  • Core i7-12700KF: US$ 384
  • Core i5-12600K: US$ 289
  • Core i5-12600KF: US$ 264

Em princípio, a mesma data vale para o Brasil, mas, até o momento, não há informação de preços para o país.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana