mato grosso

Mutirão de cadastramento de famílias carentes é realizado no bairro Jardim Paulista

Publicados

em


O mutirão para cadastramento das famílias carentes que poderão ser incluídas no programa Ser Família é realizado, nesta quarta-feira (15.09), na Igreja Nossa Senhora Aparecida no bairro Jardim Paulista, em Cuiabá. Moradores da região, interessados em saber se podem ser inclusos no programa, deve comparecer no local munidos com comprovante de residência, RG e CPF.  

O Ser Família é uma iniciativa idealizada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e realizada pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e consiste na distribuição de cartões que atenderão grupos específicos e também famílias em situação de vulnerabilidade social.

As pessoas que poderão ser beneficiadas devem estar inscritas no CadÚnico com renda de até R$ 89 per capita por mês. É preciso que o beneficiário seja maior de 18 anos, com exceção para mães adolescentes. Ainda é necessário levar os documentos das crianças dependentes. Lembrando que somente o portador dos documentos pode fazer o cadastro.

Confira o cronograma dos próximos atendimentos:

Data: 16 de setembro
Local: Igreja Assembleia de Deus – bairro Paiaguás

Data: 17 de setembro
Local: Igreja Católica Sagrado Coração de Jesus – Parque Amperco

Data: 20 e 21 de setembro
Local: Escola Estadual João Crisostomo – Dr. Fábio

Data: 22 e 23 de setembro
Local: Escola Estadual Clenia Rosalina Souza- Bairro Planalto

Data: 24 de setembro
Local: Igreja Evangelica Assembleia de Deus – Bairro Jardim Vitória

Data: 27 e 28 de setembro
Local: Igreja Católica Nossa Senhora das Dores – Jardim Florianópolis

Data: 29 e 30 de setembro
Local: Igreja Assembleia de Deus – Novo Paraíso

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Ocupação de UTI está em 38%; Mato Grosso teve 6 mortes por Covid em 24h

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (19.09), 531.303 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.714 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Nas últimas 24 horas, foram notificadas 6 mortes e 259 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.303 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.130 estão em isolamento domiciliar e 512.652 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 162 internações em UTIs públicas e 87 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,76% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.529), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.390), Sinop (25.634), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.642), Lucas do Rio Verde (15.551), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.539).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (18.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.230.325 casos da Covid-19 no Brasil e 590.508 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (19.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana