Museu sem Fronteiras

Museu de Arte de Sacra representa Mato Grosso em campanha nacional

Publicado

Foto: Marcos Bergamasco | Portal Mato Grosso

O Museu de Arte de Sacra de Mato Grosso (MASMT) participa de uma parceria inédita entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e o aplicativo TikTok. Representando Mato Grosso, o equipamento da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) realiza nesta terça-feira (28.07), às 13h (horário local), uma transmissão ao vivo na campanha nacional #MuseuSemFronteiras do aplicativo.

“Toda a equipe está entusiasmada em participar dessa campanha acessada em todo o país. Passamos por treinamento e oficinas com influencers e gestores do aplicativo para aprender sobre as ferramentas e como utilizar o seu potencial. É mais uma forma de ter evidência com um público variado nesse período em que o museu está fechado. Ao levarmos conteúdos contínuos via redes sociais, vamos instigando a curiosidade das pessoas para conhecer o museu assim que reabrirmos”, relata Viviene Lozi, diretora e presidente da OSC que faz a gestão do MASMT.

Já realizada em países da Ásia e da Europa, a campanha ocorre entre os dias 27 de julho e 2 de agosto, com a participação de 12 instituições brasileiras.

Os usuários do aplicativo poderão acompanhar os variados conteúdos preparados pelas instituições. Os temas vão desde racismo e higiene até um passeio noturno com música e poesia. O tema escolhido pelo museu mato-grossense é Altares Neoclássico e Barrocos.

A ideia é matar a saudade do passeio cultural, já que todos os museus seguem fechados devido à pandemia da Covid-19. Quem também quiser aderir à campanha poderá postar seus próprios vídeos com dados, curiosidades, memórias e experiências de suas visitas usando a hashtag #MuseuSemFronteiras.

“A parceria com o TikTok demonstra a força e o impacto cultural dos museus brasileiros e da cultura em geral. Esta parceria é uma iniciativa importante no sentido de potencializar a visibilidade dos museus, que são espaços de construção de memórias e de transformação social”, conta Ana Lourdes Costa, coordenadora de Promoção e Gestão da Imagem Institucional do Ibram.

Além do MASMT, também estão entre os participantes o Museu Regional de Caeté (MG), o Museu Imperial (RJ), o Museu Índia Vanuíre (SP), o Muquifu (MG), o Museu Casa de Portinari (SP), o Museu Histórico Nacional (RJ), o Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS (RS), o Museu do Pão (RS), o Museu da República (RJ), o Museu Felícia Leirner (SP) e o Museu do Ouro (MG).

Todas as lives serão exibidas nas páginas das próprias instituições no TikTok e terão entre 30 minutos e 1 hora de duração.

Serviço

Museu de Arte Sacra na campanha

Data: 28 de julho, às 13h (horário de Cuiabá)

Endereço:@museudeartesacramt

Tema: Altares Neoclássico e Barrocos do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso

Programação completa #MuseuSemFronteiras: acesse AQUI

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

cultura

Município aplicará lei emergencial de apoio aos trabalhadores do segmento de Cultura

A Lei Aldir Blanc, como ficou conhecida a Lei Federal 14.017/2020, que tem como objetivo central estabelecer ajuda emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras diante da pandemia da Covid-19

Publicado

Por Fred Nogueira

.
A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer por meio da Superintendência de Cultura, tem atuado junto ao Governo Federal para garantir a efetivação e a aplicação dos recursos provenientes da Lei Aldir Blanc para a comunidade artística e cultural de Várzea Grande.

A Lei Aldir Blanc, como ficou conhecida a Lei Federal 14.017/2020, que tem como objetivo central estabelecer ajuda emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras diante da pandemia da Covid-19, e  prevê auxílio de R$ 600,00 reais mensais aos profissionais do setor cultural e subsídio de 3 a 10 mil reais para os espaços e entidades que tiveram suas atividades impactadas neste momento. Os pagamentos previstos serão feitos em três parcelas consecutivas e os critérios para recebimento estão descritos no texto da Lei.

A equipe da Superintendência de Cultura participa ativamente da mobilização para a liberação do auxílio emergencial ao setor cultural do município. De acordo com a superintendente Maria Alice Barros, foram mais de 3 meses de intensa articulação, reuniões com a relatoria da proposta na Câmara dos Deputados e reuniões online para as deliberações e orientações.

Na quinta-feira, 23, o secretário Silvio Fidelis se reuniu com a equipe da Superintendência de Cultura para o planejamento da implementação da lei e garantir o repasse dos recursos. No mesmo dia, a equipe se reuniu com a Secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia Ribeiro, para alinhar os procedimentos quanto à aplicação dos recursos, levantamento de informações e comunicação com o Governo Federal.

Segundo o secretário, para efetivação das ações emergenciais, é aguardada a regulamentação da Lei com os respectivos procedimentos e repasses dos valores definidos para Várzea Grande. “Estamos orientando e dialogando com o setor cultural, principalmente através do Conselho Municipal de Cultura, que irá acompanhar todo o processo. Estamos buscando também informações na Secretaria de Estado de Cultura – Secel/MT, para realizarmos todo o trabalho de forma conjunta e articulada” informou.

O secretário informou ainda que na quarta-feira, 29,  a equipe da Superintendência de Cultura realizou um ‘Bate Papo’ virtual com o objetivo de alinhar as informações e esclarecer dúvidas e tratar sobre os aspectos da Lei Aldir Blanc, regulamentação e os encaminhamentos para aplicação dos benefícios para o segmento cultural de Várzea Grande.

Os interessados devem entrar em contato pelo  telefone (65) 9 9254-1307 ou enviar  e-mail [email protected].

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana