municipios

Município é notificado para providenciar transporte escolar seguro

No inquérito instaurado, o Ministério Público acompanhou a situação de dez crianças, algumas delas se deslocavam por mais de três quilômetros para terem acesso à escola, outras enfrentavam horários irregulares da passagem do transporte

Publicados

em


Divulgação

transporte escolar

MPE cobra em notificação transporte escolar seguro

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Nova Monte Verde, emitiu notificação recomendatória ao prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Pereira dos Santos, para que forneça transporte escolar regular e seguro a todas as crianças e adolescentes do município. O documento também requer ao município que seja proibido o transporte de alunos em pé e sem cinto de segurança.

 

Em relação ao uso do cinto de segurança, o órgão ministerial propôs ao município a realização de um trabalho de conscientização junto às escolas, reuniões com pais e discentes, monitor e câmaras. Outro problema a ser resolvido refere-se a disponibilização de veículos reservas para atender os alunos em caso de problemas mecânicos nos ônibus que estejam rodando.

 

No inquérito instaurado, o Ministério Público acompanhou a situação de dez crianças, algumas delas se deslocavam por mais de três quilômetros para terem acesso à escola, outras enfrentavam horários irregulares da passagem do transporte, além dos problemas diante das péssimas condições dos veículos. As linhas investigadas foram: linhas dois e três até a escola Marco Azul; linha um (cordilheira) até a escola Marco Azul e a linha escondidinho até Paraíso do Norte.

 

Na notificação, expedida no dia 07 de fevereiro, a promotora de Justiça Fernanda Alberton, fixou o prazo de 30 dias, após o recebimento, para que o município informe o acatamento ou não dos termos da presente notificação, sob pena de serem tomadas as medidas judiciais cabíveis.

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Subcomandante da GM conquista medalha no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu

Alexander Ortiz, que é faixa roxa, competiu na modalidade peso médio master 3. O Guarda Municipal é bicampeão mundial (2019 e 2020) e campeão brasileiro de Jiu-Jitsu em sua modalidade

Publicados

em

Por Celly Silva

O subcomandante da Guarda Municipal de Várzea Grande (GMVG), Alexander Gouveia Ortiz, conquistou a medalha de bronze na modalidade peso médio master 3 (até 82 quilos) no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo, no último sábado (25.06), no ginásio Ibirapuera, em São Paulo. O evento é organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu.

Ortiz, que é faixa roxa, é bicampeão mundial (2019 e 2020) e campeão brasileiro de Jiu-Jitsu em sua modalidade. Como é de costume sempre que vence, ele fez questão de levar as bandeiras de Várzea Grande e de Mato Grosso para o pódio. “É motivo de muito orgulho para mim poder representar nossa querida Várzea Grande e nosso Estado nessa competição, que é o maior campeonato nacional e que conta com grandes atletas de todo o Brasil”, disse o subcomandante.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, parabenizou o servidor da Guarda Municipal pela conquista e exaltou sua dedicação ao Município. “Alexander é um excelente profissional, dedicado e disciplinado, como deve ser um atleta e um subcomandante. Para nós, é um orgulho ter um exemplo como ele dentro dos nossos quadros e, ainda por cima, levando o nome de Várzea Grande para o Brasil”, afirmou.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana