BRASIL E MUNDO

Multidão de fiéis destrói templo hindu no Paquistão; veja o vídeo

Publicados

em


source
.
Rizwan Tabassum/Divulgação

Um movimento religioso violento ateou fogo recentemente a um templo hindu

Uma multidão furiosa de fiéis  ateou fogo a um templo hindu na região de Khyber Pakhtunkhwa, no Paquistão, e tentou destruí-lo nesta quarta-feira (30).

Milhares de pessoas, supostamente lideradas por clérigos islâmicos locais, invadiram o templo o local, começaram a arrancar tijolos das paredes e a incendiá-lo.

Ninguém estava dentro do templo no momento. Imagens da cena, que se tornou viral, mostram a multidão gritando frases de efeito e dando aplausos para saudar a destruição .

O santuário, que foi erguido pela primeira vez em 1919 antes da divisão dividir a Índia e o Paquistão, havia passado recentemente por uma reforma por ordem da Suprema Corte em 2015. Esta foi a segunda vez que foi demolido, após um incidente em 1997, quando foi destruído por um grupo de fanáticos muçulmanos.

A polícia  foi acionada e se posicionou do lado de fora para evitar novos ataques. 

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Publicados

em


source
 DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia
Reprodução/redes sociais

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Uma mulher foi presa neste sábado (17) em Brasília pela Polícia Militar do  Distrito Federal após agredir a mãe e a irmã em Planaltina. Após a prisão, a agressora sacou a arma de um policial civil, dentro da delegacia onde foi conduzida, e realizou disparos para o alto. As informações são do jornal Correio Braziliense .

De acordo com oficiais, o motivo da revolta foi a assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A mulher discutiu com policiais ao se negar a assinar o documento. Após a negativa, os agentes a cercaram para conduzi-la a prisão.

Neste momento, a mulher tomou a arma de um policial e realizou o disparo para o alto. Segundo informações da polícia, a trava do coldre apresentou uma falha que permitiu o saque da arma pela detida.


Após o ocorrido, a situação foi controlada por um grupo de policiais. A acusada se rendeu , entregou a arma e deitou-se no chão. Ninguém ficou ferido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana