mato grosso

“MT é exemplo para o Brasil no controle do desmatamento ilegal e incêndios florestais”, afirma procurador do MPF

Publicados

em


Durante o lançamento do Plano de Combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais, nesta quarta-feira (13.04), o procurador da República do Ministério Público Federal, Erich Raphael Masson, afirmou que o trabalho desempenhado pelo Governo de Mato Grosso no combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais é um exemplo para o Brasil.

“Quero parabenizar o trabalho do Estado, que é sensacional, um exemplo da Amazônia e para o Brasil também, na tentativa do controle do desmatamento ilegal e incêndios florestais”, disse o procurador do MPF na cerimônia. 

Na ocasião, o procurador participou de forma remota da instalação do Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento Ilegal, a Exploração Florestal Ilegal e aos Incêndios Florestais (Cedif-MT), que vai monitorar quinzenalmente as ações de prevenção e combate previsttas para 2022. Neste ano, o Governo anunciou o investimento de R$ 60 milhões para as ações previstas no planejamento.

Em resposta, o governador ressaltou a união entre todos os órgãos estaduais e federais que fazem parte do Cedif. “Estamos empreendendo os nossos melhores esforços para combater essas atividades ilegais no Estado de Mato Grosso”, assevera. 

Presidido pelo governador, o Comitê foi criado pelo decreto nº 390 de 05 de março de 2020, e fortalece as ações do Estado por integrar diversos órgãos como a Casa Civil, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), e as Secretarias de Meio Ambiente e de Segurança Pública. São convidados a participar do Comitê o MPF, MPE, Ibama, ICMBio, Incra, PF, PRF e Forças Armadas do Brasil. 

Investimento estadual

Os investimentos estão divididos em sete áreas: gestão, monitoramento, responsabilização, fiscalização, prevenção e combate, proteção da fauna, e comunicação.

Para o monitoramento o investimento é de R$ 6,4 milhões, com o uso de imagens de satélite de alta resolução com alertas de desmate, sensoriamento remoto para exploração de madeira, e notificação de proprietários por degradações relacionadas aos focos de calor.

Apurar a responsabilidade e punir os infratores ambientais é uma importante etapa do combate aos crimes ambientais. No total, estão sendo investidos R$ 2 milhões para melhorias na atuação remota de desmates ilegais e incêndios, força-tarefa para julgamento das multas, inscrição de devedores na dívida ativa, novo sistema que torna digital o trâmite e julgamento dos autos de infração, e abertura de ações civis públicas contra infratores.

Mais de R$ 12,9 milhões estão sendo investidos na fiscalização ostensiva de todo o estado. Para isso, haverá o uso de Centrais Móveis de Comando, apoio de aeronaves, remoção de maquinários apreendidos, manter 10 equipes de fiscalização em campo, 50 veículos, fiscalização do comércio e transporte de madeira, e integração com Ibama, MPF e PF para atuação em terras indígenas.

Desde janeiro, estão sendo investidos R$ 32 milhões em prevenção e combate aos crimes ambientais. Fazem parte destas ações a elaboração e implementação do Plano de Operações da Temporada de Incêndios (POTIF), campanhas para conscientização das pessoas sobre os incêndios, confecção de abafadores e capacitação de brigadistas rurais.

Para a proteção dos animais está prevista a construção de um Centro de Triagem e Reabilitação de Animais (Cetras/MT), reforma e ampliação do posto avançado para atendimento emergencial, e parceria com clínicas veterinárias para cuidado intensivo de animais resgatados. No total, a proteção da fauna terá o investimento de R$ 5,7 milhões.

Para a gestão, está previsto o aporte de R$ 170 mil para manter o funcionamento do  CEDIF, da sala de situação do desmatamento e incêndios florestais, do Comitê do Fogo, e da implementação do Programa Carbono Neutro MT para engajar a iniciativa privada nas ações de combate ao desmatamento ilegal.

Campanhas de comunicação terão R$ 1,5 milhão para elaboração de cartilhas, folders, e veiculação de campanhas para dissuadir infratores e promover a conscientização sobre os problemas causados pelo desmate ilegal e incêndios.

Estiveram presentes no lançamento os secretários de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante, o secretário Executivo da Sema, Alex Marega, o comandante-geral da Polícia Militar, Alexandre Côrrea Mendes,  superintendente do Ibama, Gibson Almeida Costa Júnior, presidente do Indea, Emanuele Gonçalina de Almeida, diretor executivo da PCI, Fernando Sampaio, o procurador da República do Ministério Público Federal, Erich Raphael Masson, o procurador de Justiça, Luiz Scaloppe, e demais autoridades que participaram de modo remoto. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Agosto Dourado: Hospital prepara uma programação especial para celebrar a campanha

Publicados

em

O Hospital Beneficente Santa Helena (HBSH), referência em maternidade e atendimento às gestantes, realizará uma programação especial para celebrar o Agosto Dourado, mês de luta pelo incentivo à amamentação.

Durante o mês será feito um trabalho com foco nesse assunto que envolverá colaboradores e pacientes. O evento, organizado pela Coordenação de Enfermagem da unidade, contará com a participação da equipe multiprofissional e tem como público-alvo as gestantes e puérperas em atendimento, afim de disseminar informações que irão orientá-las na hora da amamentação.

A programação se iniciará com uma roda de conversa sobre aleitamento materno e em seguida uma apresentação da artista Thereza Antunes, que através da personagem Dra. Martistela Furtado, levará entretenimento e informação de forma lúdica. Para encerrar o dia, será servido um lanche seguido de sorteios de brindes.

Dando sequência à programação, nos dias 24 e 25 será exposta uma Estação de Amamentação, que está aberta para visitação das 08h às 10h, das 14h às 16h e das 19h às 20h30.

A gerente de enfermagem, Vanusa Cirstina, explica que serão cinco estações sobre: Posições para aleitamento, pegada correta do bebê, evolução do estômago do bebê, extração manual do leite materno, armazenamento do leite materno.

E, para finalizar, no dia 26 de agosto, às 14h, será realizada uma live com o tema “A importância do aleitamento materno para fortalecimento do vínculo e nutrição infantil”, ministrada pela Psicóloga Mara Rubia e pela Nutricionista Danielly Venuti.

Às 14h30, acontecerá o encerramento e o último sorteio de brindes para as participantes. Além de todas essas ações, o hospital está preparando uma decoração que faça alusão ao tema e que chame a atenção para a importância do assunto.

“Nosso objetivo com essa ação é tirar todas as dúvidas sobre o tema, orientar essas mães e auxiliar no processo de amamentação, para que ele se torne o mais fisiológico e natural possível”, explicou Vanusa.

Vanusa lembra que “a amamentação precoce estimula a contração do útero e de seus vasos, atuando como profilaxia das hemorragias pós-parto”. Entre os benefícios para a mãe, vale destacar ainda a redução da incidência de cânceres de mama, ovário e endométrio.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana