JUSTIÇA

MS: Justiça do Trabalho planeja retorno do trabalho presencial no dia 5 de outubro

Publicado


.

O Comitê Provisório de Gestão de Crise do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (TRT24), com jurisidção em Mato Grosso do Sul, aprovou na quinta-feira (24/09) a implementação da “Etapa Intermediária 1” do protocolo para a retomada gradual dos serviços presenciais do Tribunal (RA nº 80/2020). A proposta segue para votação pelo Tribunal Pleno no próximo dia 1º de outubro.

Se aprovada, o TRT24 retomará as atividades consideradas essenciais ao cumprimento das metas com 30% de seu quadro pessoal no dia 5 de outubro. Nessa fase, ainda não é permitido o atendimento presencial, que continuará sendo feito telepresencialmente. As audiências e sessões de julgamento presenciais continuam suspensas e seguem sendo realizadas por meio virtual.

Participaram da reunião os juízes auxiliares da Presidência do TRT24, Flávio da Costa Higa e Izidoro Oliveira Paniago; a procuradora-chefe do Trabalho de MS,  Cândice Gabriela Arosio; o presidente da AMATRA XXIV, Christian Gonçalves Mendonça Estadulho; o diretor-geral do TRT24, Alencar Minoru Izumi; o assessor de Governança e Gestão Estratégica, José Silva Barbosa; o chefe do gabinete de Gestão de Saúde e Programas Assistenciais, José Carlos de Souza Melo; os coordenadores de Gestão de Pessoas, Francisco das Chagas Brandão da Costa, e de TI, Geslaine Perez Maquerte, além do presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, e do  presidente da ASTRT, Hélio Teixeira.

Fonte: TRT24

Fonte: CNJ

Comentários Facebook
publicidade

JUSTIÇA

Concurso retomado: Tribunal de Alagoas marca provas discursiva e de sentenças

Publicado


O Tribunal de Justiça de Alagoas definiu as datas prováveis para as provas discursiva, de sentença cível e de sentença criminal, do concurso para ingresso na magistratura aberto com o Edital 02/2019. Elas vão ocorrer nos dias 8, 9 e 10 de janeiro de 2021. A convocação dos candidatos ainda será publicada, oportunamente, no Diário da Justiça Eletrônico.

Iniciado em julho de 2019, o concurso para juízes foi suspenso provisoriamente por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas teve seu reinício autorizado por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no último dia 20 de outubro. O certame oferece 20 vagas e é organizado pela Fundação Carlos Chagas.

Fonte: TJAL

Fonte: CNJ

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana