MINISTÉRIO PÚBLICO MT

MP debate adequação da execução de Planejamento à realidade local

Publicados

em


Nesta sexta-feira (24), na abertura da reunião promovida pelo Comitê de Gestão Estratégica com os promotores de Justiça do polo de Alta Floresta, o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, reforçou a importância do envolvimento dos integrantes da instituição para adequação da execução do Planejamento Estratégico Institucional (PEI) à realidade de cada região. Destacou que as metas previstas estão mais factíveis e que, embora as prioridades já tenham sido estabelecidas com a participação de todos, o planejamento estratégico não é estático.

“Estamos aqui em busca de um feedback e também para esclarecer dúvidas, receber as demandas e sugestões. Temos visto um reavivamento do planejamento estratégico dentro da instituição, mas ainda sentimos a necessidade de uma participação maior do promotor de Justiça, que é quem na ponta atende ao cidadão”, ressaltou o procurador-geral de Justiça.

A coordenadora do Planejamento Estratégico, promotora de Justiça Hellen Ulliam Kuriki, lembrou que a instituição está praticamente na metade do ciclo do Planejamento Estratégico Institucional, que passou por revisão e abrange o período de 2020 a 2023. “Obtivemos muitos avanços, mas ainda existem muitos pontos que precisam ser readequados”, observou.

A programação da reunião incluiu apresentações da promotora de Justiça Auxiliar da Corregedoria-Geral, Regilaine Magali Crepaldi, que elencou os principais pontos observados na execução do Planejamento Estratégico, e da chefe do Departamento de Planejamento e Gestão (Deplan), Annelyse Cristine Candido Santos, que elegeu uma iniciativa, no caso específico a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, para demonstrar como os projetos estratégicos são executados na prática.

No segundo momento do encontro, os integrantes da instituição que estão à frente das Procuradorias Especializadas Criminal, promotor de Justiça Wesley Sanches Lacerda; da Criança e do Adolescente, procurador de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado; da Cidadania, procuradora de Justiça Eliana Cícero de Sá Maranhão Ayres; do Patrimônio Público, procurador de Justiça Edmilson da Costa Pereira; e do Meio Ambiente, procurador de Justiça Luiz Alberto Esteves Scaloppe falaram sobre os objetivos estratégicos, macroações e iniciativas estabelecidas em cada área.

Os promotores de Justiça coordenadores dos Centros de Apoio Criminal e da Execução Penal, Josane Fátima de Carvalho Guariente; da Violência Doméstica, Gileade Pereira Souza Maia; e do Júri, Vinicius Gahyva Martins, falaram, respectivamente, dos projetos Reconstruindo Sonhos, Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher e Núcleo de Defesa da Vida.

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Curso Gestão de Riscos na Administração Pública começa segunda

Publicados

em


Começa na segunda-feira (25) o curso “Gestão de Riscos na Administração Pública”, oferecido pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT). As aulas ocorrerão durante toda a semana, exceto no dia 28 de outubro – Dia do Servidor Público, em razão do ponto facultativo. A capacitação será ao vivo e online, por meio da plataforma Zoom, das 8h às 12h.

Com carga horária total de 16 horas, divididas em quatro dias, o curso terá a participação de 30 servidores dos departamentos de Planejamento (Deplan), Controle Interno (CI), Gestão de Pessoas (DGP), Engenharia (Denge), Aquisição (DAQ) e Tecnologia da Informação (DTI).

O conteúdo programático inclui classificação de risco, gestão de riscos, modelos de referência, como gerenciar riscos, fixação de objetivos (onde se quer chegar), identificação de eventos (o que pode dar errado), avaliação de riscos (qual o tamanho do problema), resposta a riscos (decidindo o que fazer com os riscos); atividades de controle (como mitigar os riscos de maneira eficiente), e monitoramento (como se manter no caminho certo).

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana