POLÍTICA NACIONAL

Mourão recusa comentar declaração de Bolsonaro de que precisa que aturá-lo

Publicados

em


source
Vice-presidente da República Hamilton Mourão
Foto: Romério Cunha

Vice-presidente da República Hamilton Mourão

Nesta terça-feira, 27, o vice-presidente de República, o general Hamilton Mourão (PRTB), se recusou a comentar a declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre ele. Na noite da última segunda, 26, o chefe do Executivo disse que Mourão “atrapalha um pouco, mas tem que aturar”.

“Sem comentários”, disse o general em entrevista à CNN Brasil, por vídeo conferência. Atualmente, Mourão está no Peru e vai participar da posse do presidente socialista eleito, Pedro Castillo. 

Na noite anterior, Bolsonaro disse, em entrevista à Rádio Arapuan, da Paraíba, que que o cargo de vice é muito importante e que ele pode ajudar na candidatura à presidência, governo ou prefeitura, mas que Mourão, com um independência grande, atrapalhava um pouco seus planos.

“O Mourão faz o seu trabalho, tem uma independência muito grande. Por vezes aí, atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado, né. Você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado embora. Então, estamos com Mourão, sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para agregar. Dele, não, o cargo de vice é muito importante para angariar simpatias, quer seja para candidatura à Presidência, governador ou prefeito”, disse Bolsonaro.

Em dois anos e meio de governo, Mourão e Bolsonaro se afastaram. O general chegou a dizer, em outra ocasião, que “sente falta” de se reunir com o presidente. Mas, no início deste mês, Bolsonaro já fazia falas críticas a Mourão, como quando disse que “vice bom é aquele que não aparece”.

– Com informações do portal Metrópoles.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro quer vice que não tenha “ambição pela cadeira” presidencial

Publicados

em

 

 

source
Presidente Jair Bolsonaro
O Antagonista

Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar da formação de sua possível candidatura à reeleição da presidência da República. O chefe do Executivo disse que ” Mourão não está fora, mas também não está garantido. Segundo ele, a busca é por um vice que não tenha “ambição pela cadeira [presidencial]”.

Ao justificar sua fala, o presidente explicou: “Porque não existe impeachment sem povo e sem vice. Então essa preocupação existe”.

“Hoje em dia eu tenho condições de ter algumas pessoas no radar, que poderiam ser convidadas, mesmo sabendo que é um sacrifício estar do meu lado, porque eu sou um cara chato. Não é paz e amor o tempo todo não”, disse Bolsonaro durante o programa Direto ao Ponto, da Jovem Pan.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana