POLÍCIA

Motociclista bate a 200km por hora e 2 morrem na MT208

Publicados

em

Dois homens morreram numa grave colisão entre duas motos, uma Titan 150 e uma CBR 1100, aconteceu no final da manhã desta sexta-feira (22/10) na MT-208, em Alta Floresta (790 km de Cuiabá). As vítimas são o estudante de Agronomia, Lucas Vizentin Wellmann, de 24 anos e o borracheiro Carlos Alberto Caldart, de 55.

De acordo com informações da Polícia Civil do Município, ambos seguiam pela MT-208 quando o condutor da moto menor resolveu fazer um retorno e não observou a outra moto que vinha em alta velocidade.

O velocímetro mostra que Lucas estava a quase 200 por hora no momento da batida.

Lucas estava no quinto semestre do curso de Agronomia da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), em Alta Floresta. Após a notícia de seu falecimento, a instituição decretou luto oficial de três dias. “Lucas deixa os pais, Alexandre Ewald Wellmann e Audete Fátima Vizentin Wellmann e o irmão Henrique Vizentin Wellmann, também acadêmico de nosso campus, no curso de Engenharia Florestal, a quem oferecemos nossos mais profundos sentimentos’, escreveu a entidade em suas redes sociais.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Projeto Papo De Homem Para Homem desenvolvido pela Polícia Civil é apresentado em Água Boa

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, participa nesta segunda-feira (06.12), da campanha “Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra as mulheres”, promovida em Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), para o público masculino.

A campanha de cunho social é uma ação idealizada pelo Conselho de Direitos da Mulher, e vem sendo desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal de Água Boa e Secretaria Municipal de Assistência Social.

Inserida na programação, a Coordenadoria de Polícia Comunitária apresentou a palestra do projeto “Papo De Homem Para Homem”, ministrada pelo policial civil Nilton Cesar Cardoso.

No período da manhã a apresentação foi realizada para servidores públicos municipais, profissionais da segurança pública, conselheiros tutelares e funcionários do Centro de Referências Especializada em Assistência Social (CREAs).

Na parte da tarde, a palestra acontece em empresas do Vale do Araguaia para os funcionários e colaboradores do sexo masculino, e também na Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva.

Durante o encontro a secretária de Assistência Social de Água Boa, Juliana Kolankiewicz, falou da avaliação positiva da palestra, bem como da importância dessas parcerias que visam proporcionar o bem-estar e melhor qualidade de vida da comunidade.

“Essa integração entre os órgãos de segurança com a Prefeitura, Conselho de Direitos da Mulher e a Assistência Social, é essencial para que se possam alcançar números maiores de pessoas, e oferecer atendimento de qualidade a essas mulheres que sofrem vários tipos de violência”, disse Juliana Kolankiewicz.

A presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny Melo de Carvalho, também destacou a magnitude da palestra ministrada pela Polícia Civil, com o tema: Papo De Homem Para Homem, que traz como mensagem a conscientização para o fim da violência contra a mulher.

Em seguida o investigador de polícia, Nilton Cesar Cardoso, explicou que instituição através da Coordenadoria de Polícia Comunitária, é sensível ao assunto abordado e busca diariamente desenvolver ações objetivando o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

“O projeto Papo De Homem Para Homem, tem o intuito de conscientizar e mitigar a ignorância sobre a Lei Maria da Penha e sensibilizar o público masculino. Nossa missão é transmitir essas mensagens da melhor forma possível”, concluiu Nilton Cesar Cardoso.

Estiveram presente no evento o prefeito de Água Boa, Mariano Kolankiewczi, o delegado regional, Valmom Pereira da Silva, o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Gyancarlos Paglynieri Cabelho, a presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, dra. Laís Resende, a secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Rosa de Souza Kolankiewicz, e a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny de Melo Carvalho.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana