ENTRETENIMENTO

Morre o ator Gésio Amadeu por complicações da Covid-19

Publicado


source
Gésio Amadeu
Reprodução

Gésio Amadeu


O ator Gésio Amadeu morreu nesta quarta-feira (5) por complicações da Covid-19. O artista, de 73 anos, estava internado desde o final de junho em um hospital na capital paulista depois de contrair o coronavírus. Gésio chegou na unidade para uma consulta médica de rotina e acabou sendo internado. Amigos e familiares fizeram uma campanha nas redes sociais pedindo que doassem sangue para o ator.

O seu filho, Mario Amadeu, chegou a se manifestar sobre o quadro de saúde de seu pai na época do primeiro diagnóstico: “Muitos sabem e muitos não sabem mas estou aqui para esclarecer algumas coisas que estão acontecendo com meu pai que pegou a Covid-19. Meu pai, o ator Gesio Amadeu, no dia 24 de maio, foi a um primeiro hospital para realizar exames pois estava com a pressão alta fazia dias. Como a pressão não abaixava, por determinação médica, ele foi internado. Ele ficou 8 dias na UTI e provavelmente lá ele contraiu Covid. Foi na UTI deste primeiro hospital que meu pai teve febre a primeira vez. Ele teve alta e foi para um quarto, aí eu comecei a acompanhar o meu velho”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Fábio Assunção completa 30 anos de carreira e celebra: “Dia de agradecer”

Publicado


source
Fábio Assunção
Reprodução/Instagram

Fábio Assunção

Nesta quinta-feira (01), o ator Fábio Assunção utilizou seu perfil nas redes sociais para celebra os 30 anos de carreira. Na postagem, que foi repetida no Instagram e no Twitter, o ator mostra fotos de diferentes fases e personagens que interpretou. A trilha sonora do vídeo ficou por conta dele mesmo, tocando um violão.

“Exatamente hoje completo 30 anos de vida profissional. Assinei meu primeiro contrato aos 19 anos. Dez anos antes, aos 9 de idade, fiz minha primeira aula de piano. Nesses anos, aprendi tudo que sei e entendi que haveria e haverá uma infinidade de coisas que eu jamais conhecerei”, iniciou Fábio Assunção .

“Essa profissão me mostrou gente de verdade e gente de mentira. Me levou pra andar pelo mundo afora, para dezenas de países, dezenas de culturas, me abriu a mente, me tornou empático, me humanizou, me ensinou a respirar, a esperar, a sofrer e amar, me fez conhecer o Brasil, cada canto dele. Cada personagem me fez enxergar virtudes e conflitos”, continuou o ator .

“O palco é um lugar sagrado onde pulsa a vida imaterial, o mais próximo da completude que já estive. O meu trabalho me apresentou famílias diversas, me trouxe irmãos e irmãs. Hoje é dia, assim como todos os outros, de agradecer por ter escolhido este caminho de gente que se joga pelos abismos, pelas tramas dos autores, sem saber pra onde o vento irá levar”, disse ele.

Fábio ainda agradeceu aos colegas de trabalho e lugares por onde passou. “Aos autores e autoras, agradeço por cada personagem. Agradeço a todos com que trabalhei. Agradeço aos meus contratantes, à Globo , que sempre me apresentou projetos lindos, ao cinema, ao teatro. Meu trabalho me apresentou minha vida e me deu a chance de trocar com cada um de vocês – meus fieis parceiros de jornada!”.

“Devo ao meu trabalho o privilégio de poder dar aos meus filhos o meu melhor, dentro e fora de cena. Não ia deixar esses 30 anos passarem batido, e quero mais, mais e mais. Gratidão ao ofício que aqui reverencio. Deixo nesse clipe o registro de alguns personagens que fiz e tirei o violão do canto para mostrar na trilha sonora desse vídeo meu enorme talento como instrumentista, pelo qual ainda não fui reconhecido”, seguiu.

Fábio Assunção  em novelas marcantes para a teledramaturgia da Globo , como “O Rei do Gado” (1996), “Por Amor” (1997) e entre outras. Assista ao vídeo.



Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana