BRASIL E MUNDO

Milhares fogem de cidade do Congo após alerta de erupção vulcânica

Publicados

em


Milhares de pessoas se apressaram para fugir da cidade congolesa de Goma nesta quinta-feira (27), algumas percorrendo locais assolados pela lava, depois que autoridades disseram que uma segunda erupção vulcânica poderia acontecer a qualquer momento.

O magma, a rocha derretida que normalmente fica debaixo da crosta terrestre, foi detectado abaixo da cidade e do Lago Kivu, disse Constant Ndima Kongba, governador militar da província de Kivu do Norte, citando dados sísmicos e de deformação do solo.

“Considerando essas observações científicas, uma erupção na terra ou sob o lago não pode ser descartada no momento, e poderia ocorrer com pouco ou nenhum aviso”, afirmou.

Trinta e uma pessoas morreram na noite de sábado (22), quando o Monte Nyiragongo, um dos vulcões mais ativos do mundo, lançou uma parede de lava alaranjada colina abaixo na direção da cidade, destruindo 17 vilarejos pelo caminho.

A lava parou a 300 metros do aeroporto de Goma, o principal polo de operações de ajuda do leste da República Democrática do Congo. A maior parte da cidade foi poupada, mas centenas de terremotos ocorridos desde então destruíram edifícios e abriram fendas na terra.

Especialistas em vulcões de Goma alertaram hoje, mais cedo, que, na pior das situações, uma erupção vulcânica sob o lago, acompanhada por um grande terremoto, poderia desencadear uma liberação súbita de dióxido de carbono do fundo do lago, o que poderia asfixiar milhares de pessoas.

* Reportagem adicional de Stanis Bujakera e Fiston Mahamba

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

“Tartaruga mutante” nasce com duas cabeças em parque dos Estados Unidos

Publicados

em


source
Reprodução

“Tartaruga mutante” nasce com duas cabeças em parque dos Estados Unidos

Uma tartaruga ‘mutante’ de duas cabeças foi encontrada em um parque estadual da Carolina do Sul, nos Estados Unidos . O animal, ainda filhhote, foi descoberto na última quarta-feira (21) e sua imagem foi compartilhada nas redes sociais da Patrulha das Tartarugas Marinhas do Parque Estadual de Edisto Beach. As informações são do portal Uol.

Essa é uma condição “muito rara”, de acordo com a Patrulha que foi chamada para atender um chamado de ‘emergência’ no local.

Ao chegar no parque estadual, o grupo cavou a areia para identificar quais ovos haviam sido chocados e auxiliar os filhotes em situação de vulnerabilidade.

“Ao fazer um inventário na quarta-feira passada, patrulheiros e voluntários encontraram três filhotes vivos de tartarugas marinhas cabeçudas ainda na câmara, mas um filhote, em particular, se destacou porque tinha duas cabeças”, explicou a equipe de Patrulha em suas redes sociais.


Este filhote não foi a única tartaruga de duas cabeças encontrada no parque estadual da Carolina do Sul, mas foi inédito para a turma voluntária. Eles explicaram que “este filhote de duas cabeças é o resultado de uma mutação genética” e que, após uma pequena sessão de fotos, o animal foi entregue ao oceano.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana