Confresa

Membros de facção criminosa são presos com 21 quilos de drogas em Mato Grosso

Durante as investigações, os policiais de Confresa receberam informações de que os membros da facção criminosa atuante com o comércio ilícito na cidade, estavam aguardando a chegada de uma carga com grande quantidade de entorpecentes.

Publicado


 

Mais de 20 quilos de maconha pertencentes a uma facção criminosa foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil,  no domingo (22.03), em ação realizada em Confresa (1.160 km a Nordeste de Cuiabá). O trabalho resultou na prisão em flagrante de três pessoas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e também na apreensão de dois veículos utilizados pelos suspeitos.

 

Durante as investigações sobre o tráfico de drogas no município, os policiais de Confresa receberam informações de que os membros da facção criminosa, atuante com o comércio ilícito na cidade, estavam aguardando a chegada de uma carga com grande quantidade de entorpecentes.

 

Com base nas informações, os investigadores passaram a monitarar o suspeito, em um posto de combustíveis, na BR-158, na entrada da cidade. Durante a vigilância, os policias flagraram o momento em que o suspeito (em um Honda Civic) se aproximou de outro veículo (um Chevrolet Prisma) com placas de Rondonópolis.

Foi realizado o monitoramento dos veículos que deslocaram para área rural da cidade e até as  proximidades do aterro sanitário, em uma região de mata, onde pararam. No momento em que descarregavam uma caixa do porta-malas do Chevrolet Prisma, um dos investigados percebeu a ação da Polícia e empreendeu fuga.

 

Na sequência, os outros dois suspeitos jogaram o material que estava no porta-malas na beira da estrada e também tentaram fugir, porém em continuidade as diligências, os dois veículos foram abordados e os três suspeitos foram detidos.  Na caixa deixada na beira da estrada, foram encontrados 30 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 21 quilos de droga.

 

Em buscas no veículo Prisma, também foram apreendidos R$ 398 em dinheiro, aparelhos celulares e documentos pessoais dos criminosos.

 

Questionados, dois dos suspeitos confessaram que trouxeram o entorpecente de Rondonópolis para entregar para o traficante de Confresa e que a droga pertenceria ao líder do grupo criminoso, que está detido na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande).

 

Diante da situação, os três suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Confresa, onde após interrogados foi lavrado o flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

*Com informações da PJC | MT

Comentários Facebook
publicidade

confresa

Com traçado da BR-158 definido, ministro confirma obra da ferrovia no Araguaia

Ao apresentar o cronograma de ações para a região, o ministro da Infraestrutura fez questão de destacar o trabalho da bancada federal de Mato Grosso, liderados pelo senador Wellington Fagundes, presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), a quem chamou de “militante da infraestrutura” do Brasil.

Publicado

Principal reivindicação da população da região do Norte Araguaia, as obras de pavimentação da BR-158 deverão ter início já no ano que vem. O anúncio foi feito nesta terça-feira (23.06), pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, por videoconferência, durante reunião com prefeitos e vereadores do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, no município de Confresa, articulada pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT).

Senador Wellington, prefeitos e vereadores, durante videoconferência com ministro Tarcísio de Freitas

No encontro com os prefeitos, o ministro confirmou a opção governamental pela pavimentação da BR-158 pelo traçado que contorna a Reserva Indígena Maraiwatsede, dos índios Xavantes. Ele informou que o trabalho para licenciamento ambiental da pavimentação pelo contorno por já se encontrar bastante adiantado e que os estudos devem ser concluídos até o final do ano.

Considerada a mais importante rodovia da região do Vale Araguaia e fundamental para o escoamento da produção agrícola, a BR-158, de toda sua extensão, tem menos de 123 quilômetros ainda não asfaltados. O novo traçado será capaz de absorver o tráfego dos municípios de Alto Boa Vista, Serra Nova Dourada e Bom Jesus do Araguaia, solucionando questões importantes em uma única alternativa.

O ministro Tarcísio também informou que o Governo qualificou no Programa de Parceira de Investimentos (PPI) a BR-158 “como prioridade nacional”. Isso garante a inclusão da rodovia nas concessões governamentais. “A BR-158 já tem um movimento muito relevante, tão forte quanto o próprio movimento da BR-163. Temos visto 1.500 a 1.800 carretas-dia. É algo muito impressionante. Portanto, já tem tráfego suficiente para uma concessão” – informou.

Além de apontar para o calendário de obras da BR-158, o ministro da Infraestrutura anunciou já para o ano que vem, a implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, ligando Água Boa a Mara Rosa, em Goiás, integrando o Araguaia à Ferrovia Norte-Sul. Para isso, o Governo deve assinar até dezembro o contrato de renovação da concessão da Ferrovia Vitória-Minas, com a Vale do Rio Doce, em análise no Tribunal de Contas da União.

“Estamos muito perto de obter o licenciamento ambiental. Com isso, a região do Araguaia passa a ter três rotas diferentes para o produtor para portos marítimos” – disse. São eles: Itaqui, no Maranhão, Ilhéus, na Bahia, com a conclusão da Ferrovia Oeste-Leste; e pelo Porto de Santos, através da Ferronorte.

Mais rodovias – Tarcísio também destacou aos prefeitos e vereadores as ações para pavimentação da BR-242, também, no Vale do Araguaia. Ele confirmou a conclusão das oito pontes de concreto e disse que o Ministério da Infraestrutura já trabalha para obter o licenciamento para pavimentação da estrada.

Ao apresentar o cronograma de ações para a região, o ministro da Infraestrutura fez questão de destacar o trabalho da bancada federal de Mato Grosso, liderados pelo senador Wellington Fagundes, presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), a quem chamou de “militante da infraestrutura” do Brasil. “Mato Grosso tem que se orgulhar da sua representação” – concluiu Tarcísio.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana