BRASIL E MUNDO

Médico é preso em flagrante após estuprar e agredir paciente em consulta

Publicado


source
Estupro
Agência Brasil

À Polícia, médico negou ter violentado a mulher.

Um médico foi preso suspeito de estuprar e agredir uma paciente durante um atendimento.  A prisão aconteceu na cidade de Uberaba, em Minas Gerais, na noite da última quarta-feira (28), horas depois da consulta na qual o crime teria ocorrido.

Depois do crime, o homem teria agendado uma nova consulta com a paciente daqui três semanas. A consulta durou cerca de uma hora e o marido da vítima esperou a companheira do lado de fora do consultório. Ela não contou a ele sobre o episódio por ter medo que ele a deixasse. A mulher contou o episódio a uma amiga que a convenceu a denunciar o caso à Polícia Militar.

Um exame feito horas após o estupro detectou lesões vaginais. O laudo será entregue à polícia nesta quinta (29). O médico foi detido em flagrante na frente da própria família. À polícia, ela disse que o homem apalpou suas seu corpo e teria encostado seu genital na mão da vítima. Neste momento, o homem puxou a calcinha da paciente para o lado e estuprou-a.

A só foi libertada após o fim do estupro. O homem ejaculou no chão da sala. Ela também contou que não reagiu porque o homem poderia alegar que ela era louca, uma vez que tinha recebido receitas de remédios para ansiedade. A vítima também temia que, através de seu cadastro na clínica, o estuprador conseguisse seu endereço.

Após ser levado pela polícia, o homem disse que atendeu a mulher por 40 minutos e que a porta permaneceu encostada durante a sessão, e não trancada. Ele também negou a versão da mulher. O médico foi encaminhado à delegacia de plantão de Uberaba. A Polícia Militar disse que buscas no sistema revelaram outras ocorrências contra o suspeito com relatos similares.

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Banco alemão doará 25,5 milhões de euros a projeto na Amazônia Legal

Publicado


Os ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento firmaram, nesta terça-feira (24), acordo que prevê a doação, pelo banco estatal alemão “Kreditanstalt für Wiederaufbau” (KfW), de até 25,5 milhões de euros ao projeto “Inovação nas Cadeias Produtivas da Agropecuária para a Conservação Florestal na Amazônia Legal”. O objetivo é expandir e fortalecer práticas produtivas sustentáveis nas cadeias da carne, soja e madeira em estados da Amazônia Legal.

O Ministério das Relações Exteriores tem coordenado cooperação técnica e financeira entre Brasil e Alemanha, voltada ao desenvolvimento sustentável, com foco no fomento a projetos nas áreas de proteção ambiental e eficiência energética.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por sua vez, será o encarregado de executar o projeto, em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

Com informações do Ministério das Relações Exteriores

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana