TECNOLOGIA

MediaTek ultrapassa Qualcomm e se torna maior fornecedora de chips de celular

Publicados

em


source
MediaTek se torna a maior fornecedora de chips de celular
Reprodução

MediaTek se torna a maior fornecedora de chips de celular

O ano passado foi conturbado para as empresas de tecnologia e o mercado de forma geral. No entanto, na contramão do cenário negativo causado pelos impactos da pandemia de Covid-19 , a MediaTek , responsável por desenvolver semicondultores e processadores para equipamentos eletrônicos, teve um ano histórico. Os dados da companhia de pesquisas Omdia indicam que a empresa taiwanesa alcançou o posto de líder em vendas de chipsets para celulares, ultrapassando a Qualcomm .

Segundo o relatório, a MediaTek forneceu ao mercado 351,8 milhões de chipsets para smartphones ao longo de 2020, o que representa um aumento de 113,8 milhões de unidades em relação a 2019. Agora, a companhia detém uma participação global de 27,2% no segmento, um aumento de 10% em comparação com 2019.

Você viu?

A notícia não surpreende, já que outra pesquisa divulgada em dezembro do ano passado apontava que a MediaTek havia ultrapassado a Qualcomm , sua maior concorrente, em número de vendas. O estudo recente também revela que o crescimento se deve à forte presença da companhia no segmento de smartphones de entrada e intermediários de baixo custo. 

Xiaomi ajudou no crescimento da MediaTek

A popularidade de marcas como a Xiaomi também foi relevante para impulsionar o ano fiscal positivo da MediaTek. A fabricante chinesa foi sua maior cliente no ano passado, entregando ao varejo mais que o dobro de celulares Android com seus chips de processamento se comparado a 2019.

Já a Oppo foi a segunda maior parceira da desenvolvedora de chips em 2020, despachando 55,3 milhões de dispositivos com chipsets MediaTek em comparação com os 46,3 milhões de 2019. Quem também acompanhou essa tendência foi a sul-coreana Samsung , que viu sua demanda por smartphones intermediários com SoC MediaTek crescer mais de 250% em 2020, em comparação com 2019.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Samsung não vai lançar Galaxy Note para priorizar dobráveis

Publicados

em


source
Galaxy Z Fold 3 terá suporte à S Pen
Reprodução

Galaxy Z Fold 3 terá suporte à S Pen

A Samsung tem um evento de imprensa programado para o próximo dia 11, no qual anunciará novos produtos em sua linha de dobráveis , a Galaxy Z. Mas quem esperava o anúncio de um novo Galaxy Note “de lambuja” vai ficar desapontado: segundo a empresa, isso não vai acontecer por enquanto.

No texto o Presidente e líder de Negócios de Comunicações Móveis da Samsung, TM Roh, declara: “Desta vez, ao invés de revelar um novo Galaxy Note, iremos ampliar ainda mais os recursos do Note para mais dispositivos Samsung Galaxy”. Entre estes recursos está uma nova versão da S-Pen “projetada especificamente para smartphones dobráveis”.

Sem entregar detalhes, o executivo promete que a terceira geração de dobráveis da empresa irá “remodelar a categoria de smartphones e reimaginar completamente suas experiências” e “abrirá incríveis novos recursos para múltiplas tarefas e durabilidade aprimorada para ainda mais pessoas em todo o mundo”.

Você viu?

A linguagem de Roh é ambígua: não dá para determinar se o “desta vez” se refere apenas a este evento ou ao ano de 2021. O fato é que há muito se fala que a Samsung estaria se preparando para “aposentar” a popular linha Galaxy Note.

O motivo não é a falta de popularidade, já que ela tem uma legião de fãs em todo mundo, mas sim o simples fato de que é cada vez mais difícil diferenciá-la de outros aparelhos. No passado, “tela grande e caneta” eram os principais atrativos. Mas isso hoje pode ser conseguido com um Galaxy S21 Ultra, com sua tela de 6,8″ e suporte à S-Pen.

Nesta semana surgiram imagens do que seria uma “capa” oficial do Galaxy Z Fold 3, no estilo Folio e com um slot para abrigar a S-Pen, que não ficaria no interior do aparelho. A julgar pelo design, a caneta parece muito similar à usada no Galaxy 21 Ultra e Galaxy Tab S7, porém ainda não se sabe se ela trará novos recursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana