BRASIL E MUNDO

MCTI lança edital de R$ 43,1 milhões para projetos de pesquisa de contribuição ao desenvolvimento científico e tecnológico, inovação e empreendedorismo no Brasil

Publicados

em


O Governo Federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, lançou nessa segunda-feira (13/09) uma Chamada Pública no valor de R$ 43,1 milhões para apoiar a inserção de pesquisadores em empresas inovadoras e startups. A inciativa faz parte do Programa de Recursos Humanos em Áreas Estratégicas – RHAE Pesquisador na Empresa, promovido pela Secretaria de Empreendedorismo e Inovação (SEMPI/MCTI) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI).

O objetivo é apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) que visem contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico, a inovação e o empreendedorismo no Brasil, por meio da inserção de pesquisadores em empresas inovadoras e startups, em áreas tecnológicas prioritárias estabelecidas pelo MCTI (Portaria nº 5.109/21), especialmente nas áreas de Tecnologias Estratégicas e Habilitadoras, GovTechs e Negócios de Impacto.

A chamada pública será divulgada no portal do CNPq (http://cnpq.br/chamadas-publicas) e as empresas terão até o dia 28 de outubro de 2021 para submeterem suas propostas.

Estima-se que com o valor total do projeto sejam apoiados cerca de 160 projetos com recursos do MCTI/FNDCT, em duas linhas distintas:

• Linha 1 – Apoio à projetos de P,D&I de empresas inovadoras.

Os projetos deverão ter aderência a pelo menos uma das áreas prioritárias estabelecidas pela Portaria MCTI nº 5.109/21. Serão priorizados projetos nas áreas/temas de Tecnologias Estratégicas, Tecnologias Habilitadoras, GovTechs e Negócios de Impacto. Valor máximo de concessão: R$ 400 mil. Contrapartida mínima das empresas de 20% do valor do projeto. Duração dos projetos: até 36 meses.

• Linha 2 – Apoio à projetos de P,D&I de Startups.

De acordo com o disposto na Lei Complementar nº 182/2021. Os projetos deverão ter aderência a pelo menos uma das áreas prioritárias estabelecidas pela Portaria MCTI nº 5.109/21/20. Serão priorizados projetos nas áreas/temas de Tecnologias Estratégicas, Tecnologias Habilitadoras, GovTechs e Negócios de Impacto. Valor máximo de concessão: R$ 200 mil. Contrapartida mínima das empresas de 10% do valor do projeto. Duração dos projetos: até 36 meses.

O Programa RHAE

O Programa de Recursos Humanos em Áreas Estratégicas (RHAE) atua por meio da concessão de bolsas de fomento tecnológico para incentivar a inserção de pesquisadores em projetos de P,D&I desenvolvidos por empresas, contribuindo diretamente para a formação e fixação de recursos humanos altamente qualificados no ambiente produtivo, para o desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica e para a promoção da inovação tecnológica nas empresas.

Mais informações:

Esclarecimentos e informações adicionais podem ser obtidos pelo [email protected] ou pelo telefone (61) 3211-4000.

Clique aqui para acessar o edital.

Com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Com fuzis, bandidos assaltam praça de pedágio e bloqueiam rodovia em SP

Publicados

em


source
Praça de pedágio da Padre Manoel da Nóbrega foi assaltada em São Vicente, SP
Divulgação/Polícia Militar Rodoviária

Praça de pedágio da Padre Manoel da Nóbrega foi assaltada em São Vicente, SP

As cabines de pedágio da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em São Vicente, foram assaltadas na madrugada desta terça-feira (19). Os cinco criminosos que protagonizaram a ação estavam armados com fuzis. Eles bloquearam a rodovia e chegaram a incendiar carros. Ninguém se feriu, segundo informações da TV Tribuna.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, os criminosos fugiram de barcos por meio de um mangue que fica próximo às margens da rodovia. O crime aconteceu por volta das 4h na praça de pedágio da Ecovias, concessionária responsável pela via, no km 279.

Na ação, o cofre do local foi explodido e o dinheiro, roubado. A polícia foi acionada, mas chegou após a fuga dos assaltantes. À TV Tribuna , o capitão da Rodoviária, Martins Ribeiro, informou que assim que as autoridades fizeram um cerco na rodovia, com policiais do batalhão da área e também do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep).

“Até o momento, nenhuma pessoa apareceu reivindicando seu veículo, então, tudo indica que sejam objetos de ilícitos. Estamos aguardando o término dos trabalhos da Polícia Técnico Científica. Felizmente, ninguém se feriu nessa ação e vamos aguardar a investigação da Polícia Civil para tentar identificar esses criminosos”, disse.

A quantia de dinheiro levada pelos assaltantes nãofoi revelada. A rodovia foi liberada às 5h35.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana