ENTRETENIMENTO

MC Kevin e Deolane tiveram briga violenta antes da morte do funkeiro

Publicados

em


source
MC Kevin Deolane Bezerra
Reprodução/Instagram

MC Kevin Deolane Bezerra

Dois meses e meio após a morte de MC Kevin , ao cair da varanda de um hotel no Rio de Janeiro, muitas histórias do funkeiro estão vindo à tona. Principalmente de sua relação com a mulher, Deolane Bezerra. A última surgiu após um áudio ao qual o colunista Erlan Bastos teve acesso. Nele, Kevin e Deolane brigam, e ambos parecem alterados. Além disso, há relatos de funcionários sobre a lua de mel dos dois em Cancún, que acabou com toalhas sujas de sangue após o cantor cortar o pé durante uma suposta discussão.

A briga teria acontecido na madrugada do dia 28 de abril, data do noivado simbólico dos dois. Segundo a fonte ouvida pelo colunista, o barraco foi tão feio que Kevin teve que levar oito pontos no pé, após sujar de sangue quatro toalhas do hotel em que ele e a advogada estavam hospedados. De acordo com a mesma fonte, Kevin “não queria participar do noivado de instagram”, como Deolane chamava.

Já de manhã bem cedo, MC Kevin teria mandado mensagem para todos os funcionários do hotel e para quem preparava a cerimônia, afirmando que não iria mais ao “casamento do instagram”, mas sem revelar o motivo. A festa estava praticamente pronta para começar, e Kevin continuava dizendo que não iria participar daquilo “que não queria acabar com a vida dele”.

A confusão que acabou com o pé cortado teria sido, segundo uma testemunha, por conta de o funkeiro querer dar uma casa para a mãe, cujo valor seria muito alto e Deolance não aceitara.

Em outra briga durante a mesma viagem, MC Kevin teria tentado tirar a própria vida quando tentou se jogar de um iate na direção das hélices da embarcação. O pior só não aconteceu porque, de acordo com o colunista, um dentista e amigo do cantor, chamado Felipe, o teria impedido. Ainda revoltado, Kevin teria jogado uma garrafa em outro barco, causando um prejuízo que não foi pago. Após a morte do cantor, Deolane foi procurada pela empresa para pagar o prejuízo mas ela se negou.

Ainda no que seria a lua de mel do casal, relata o colunista, Deolane e MC Kevin brigaram mais uma vez dentro de uma van. Os ânimos ficaram tão exaltados que o motorista mandou os dois descerem e os deixou no meio do caminho.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Marcos Araújo nega acusações de Pétala: “Alegações sem qualquer comprovação”

Publicados

em


source
Pétala Barreiros e Marcos Araújo
Reprodução/Instagram

Pétala Barreiros e Marcos Araújo

Após ser acusado de cancelar os planos de saúde dos filhos e de enviar notificação de despejo para que sua ex-mulher, Pétala Barreiros, e as crianças deixarem seu imóvel, o empresário Marcos Araújo, dono da gravadora Audiomix e do Festival Villa Mix, emitiu um comunicado para se defender das alegações da influenciadora com quem foi casado. Apesar de não se pronunciar diretamente, Marcos Araújo enviou nota jurídica à imprensa para desmentir a ex.

Os advogados de Marcos alegam que o valor do plano de saúde foi acrescido no total da pensão alimentícia, sendo assim, a responsabilidade de pagar o convênio é de Pétala. “Neste momento, cabe informar que o Sr. Marcos cumpre com todas as decisões judiciais, pagando pontualmente pensão alimentícia fixada em favor dos menores, sendo que no caso de Lucas, o valor estipulado já abrange os custos do plano de saúde. Como a genitora recebe o respectivo valor mensalmente, cabe a ela diligenciar neste sentido, como aliás, ficou bem definido em decisão judicial”.

“No tocante ao alardeado despejo, até o momento, inexiste qualquer ação ajuizada neste sentido. Cumpre esclarecer que residem no imóvel exclusivo do Sr. Marcos diversas pessoas que com le não guardam qualquer relação e o seu direito de propriedade deve ser preservado, o que justifica o envio da notificação maliciosamente divulgada nas redes sociais pela Sra. Pétala. Ademais, conforme já apreciado judicialmente, o elevado valor fixado a título de pensão alimentícia em favor dos menores deve também ser utilizado pela genitora para despesas de moradia, saúde, educação, dentre outras.”, esclarece o comunicado sobre a notificação extrajudicial de despejo recebida por Pétala.

O comunicado também cita o pré-diagnóstico do filho caçula citado por Pétala nas redes sociais. “Ainda é lamentável a atitude da genitora em publicar em suas redes sociais um relatório médico que expõe o filho Lucas, sem que haja qualquer comprovação de diagnóstico de autismo”.

Confira o comunicado na íntegra:

“Em razão dos últimos acontecimentos e das notícias veiculadas pela imprensa e divulgadas pela parte adversa e por seus familiares, esclarece a defesa do Sr. Marcos Aurélio de Araújo que não se pronunciará a respeito, reservando-se ao direito de manifestação somente por via judicial, respeitando assim, o segredo de Justiça conferido aos processos em trâmite. Inobstante, deve ser ressaltado que os recentes fatos narrados de forma unilateral pela parte contrária são falhos e não coadunam com o quanto decidido judicialmente. É lamentável a tentativa da parte adversa de induzir a opinião pública em erro, com renitente distorção da realidade e com a nítida intenção de promoção pessoal às custas do litígio. Neste momento, cabe informar que o Sr. Marcos cumpre com todas as decisões judiciais, pagando pontualmente pensão alimentícia fixada em favor dos menores, sendo que no caso de Lucas, o valor estipulado já abrange os custos do plano de saúde. Como a genitora recebe o respectivo valor mensalmente, cabe a ela diligenciar neste sentido, como aliás, ficou bem definido em decisão judicial. No tocante ao alardeado despejo, até o momento, inexiste qualquer ação ajuizada neste sentido. Cumpre esclarecer que residem no imóvel exclusivo do Sr. Marcos diversas pessoas que com le não guardam qualquer relação e o seu direito de propriedade deve ser preservado, o que justifica o envio da notificação maliciosamente divulgada nas redes sociais pela Sra. Pétala. Ademais, conforme já apreciado judicialmente, o elevado valor fixado a título de pensão alimentícia em favor dos menores deve também ser utilizado pela genitora para despesas de moradia, saúde, educação, dentre outras. Ainda é lamentável a atitude da genitora em publicar em suas redes sociais um relatório médico que expõe o filho Lucas, sem que haja qualquer comprovação de diagnóstico de autismo. No que tange aos demais alardes publicados pela Sra. Pétala e familiares, cumpre informar que não se passam de meras alegações sem qualquer comprovação, existindo inclusive, ordem judicial para que ela se abstenha de divulgar informações violadoras da honra do Sr. Marcos, sob pena de multa pecuniária.”

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana