ENTRETENIMENTO

Matheus Carrieri sobre sexualidade: “Eu fiz de tudo na minha vida”

Publicados

em


source
Matheus Carrieri revelou que já fez de tudo
Reprodução/Instagram

Matheus Carrieri revelou que já fez de tudo

Matheus Carrieri, ator e ex-Fazenda falou sobre a sexualidade, carreira e relação com as filhas em entrevista para o canal de Caio Fischer no Youtube. “A curiosidade sobre minha sexualidade é algo muito grande. Eu sempre tive relacionamentos heterossexuais, tive quatro casamentos. Aí eu faço um post com emoji de arco-íris e começo a pintar a unha de repente, e as pessoas falam: ‘Mateus se assumiu gay”, disse. 

“Acho muito engraçado isso. Eu fiz de tudo na minha vida. Eu falo para minhas filhas: dos 14 aos 20 eu tive todas as experiências que eu poderia ter. E não me arrependo. E em todas as experiências tive responsabilidade. Mas me entendi heterossexual sempre. Estou solteiro agora, as minhas filhas falam: ‘Pai, agora você podia namorar com um homem, a gente ia adorar’. Elas iam adorar, eu sei”, contou.

Recentemente ele falou sobre a bissexualidade das filhas, de 14 e 15 anos. O ator explicou porque tomou a decisão de apoiar as filhas. “Eu acho importante os pais apoiarem e darem amor aos seus filhos, com as opções dos seus filhos. Tem que deixar os seus filhos voarem. E a coisa da sexualidade não deve ser encarada como um desvio de caráter, como uma anormalidade, ou como uma coisa boa ou ruim. E, nessa idade que as minhas filhas estão, isso pega muito”, disse. 

“Então, eu senti nelas a necessidade do meu apoio e do meu apoio até público. E por isso que eu falei sobre isso. E muita gente falou: ‘Poxa, Matheus, se meu pai tivesse feito isso para mim… Como eu queria que meu pai me apoiasse do jeito que você apoia a suas filhas, como eu queria que meu pai não tivesse me botado para fora de casa porque eu sou homossexual, como eu queria não ter tomado aquela surra da minha mãe quando eu falei que gostava de uma menina ou de um menino, ou que eu gostava dos dois, ou quando eu estava confuso, ou quando eu não me aceitava com o corpo que eu sou'”, explicou. 

Mateus ainda relembrou a primeira vez que fez um ensaio nu para uma revista masculina, há 23 anos. “Eu fui o primeiro homem, mais conhecido, a sair numa publicação dessa. E eu tenho orgulho dessa primeira revista”, afirmou. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Flor conta sobre seu abuso: ‘gritei e ninguém me ajudou’

Publicados

em


source
Flor Fernadez
Divulgação

Flor Fernadez


Apresentadora do ‘Fofocalizando’, Flor falou pela primeira vez publicamente em entrevista que foi ao ar no canal ‘Cortes do Venus Oficial’, no Youtube, sobre o abuso sexual que sofreu aos 18 anos de idade. Ela conta que tentou apagar o episódio da memória e que só recentemente contou para sua família.

“Eu lembrei – porque eu tentei apagar isso – que eu sofri uma violência sexual. Eu queria ser artista e me inscrevi num concurso de miss. Eu nem sei quem é pessoa, mas ele (estuprador) me disse assim: ‘entra aqui que eu vou te dar os convites pra vender’. E aí ele mandou ver e eu gritava. Ninguém me ajudou. Foi muito ruim. Então eu apaguei isso”, começou a apresentadora.


Flor ainda contou que quase foi vítima de estupro várias vezes, mas ela sempre conseguiu fugir. No entanto, uma vez que ela ignorou sua intuição, acabou não tendo como escapar. “Por que eu entrei na casa pra pegar os convites? Eu fiquei com receio, porque alguma coisa avisa a gente: ‘não vai’. Eu fazia shows, já cansei de pular do carro, já tentaram várias vezes (estuprá-la). Meu anjo (da guarda) me ajudou muito. Mas uma voz dizia ‘não entra’ e eu entrei e sofri isso tudo. Foi ruim, gritei, ele ameaçou me bater pra eu parar de gritar. Eu senti muito medo”, contou.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana