TECNOLOGIA

Mark Zuckerberg é exposto em vazamento de dados do Facebook

Publicados

em


source
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook
Reprodução/YouTube

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

A dimensão do  megavazamento de dados do Facebook foi tão grande quem nem mesmo o criador da rede social  se viu livre de seus efeitos. Mark Zuckerberg está entre os quase 530 milhões de usuários do site que teve seus dados pessoais expostos, incluindo endereço de e-mail e número de celular pessoal. 

Entre as informações disponíveis sobre Zuckerberg estão os locais onde ele fez login em sua conta, detalhes sobre seu casamento e sua identificação de usuário de um perfil privado. Os dados vazados estão disponíveis em fóruns de hackers

Além do CEO do Facebook , outros dois dos cofundadores da empresa, Chris Hughes e Dustin Moskivotz, também tiveram os dados expostos. 

Você viu?

Vazamento é antigo

O vazamento dos dados aconteceu por conta de uma antiga vulnerabilidade no sistema do Facebook, que possibilitava acessar o número de telefone vinculado a qualquer URL. De acordo com um porta-voz, os dados vazados são de 2019, já haviam sido relatados anteriormente, e o problema já foi corrigido.

No entanto, embora o vazamento seja antigo, muitas dessas informações seguem atuais e é perigoso que eles sigam sendo espalhados a torto e a direito de forma gratuita em fóruns de  hackers

E, além disso, o histórico do Facebook depõe e muito contra ele, já que outros vazamentos já aconteceram anteriormente. O mais notório deles o do escândalo envolvendo a Cambridge Analytica , que expôs mais de 87 milhões de usuários e, segundo especialistas, pode ter sido o responsável pelo resultado do  Brexit  e a eleição de Donald Trump nos EUA em 2016.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Gamers brasileiros devem movimentar R$ 12 bilhões este ano, diz pesquisa

Publicados

em


source
Jogadores vão movimentar muito dinheiro no Brasil em 2021
Unsplash/Erik Mclean

Jogadores vão movimentar muito dinheiro no Brasil em 2021

Uma pesquisa realizada pela Newzoo, empresa que faz análises sobre games e levantamentos referentes ao setor, revelou que o mercado de jogos no Brasil vai ter uma receita de US$ 2,3 bilhões, ou mais de 12 bilhões de reais este ano. Isso representa um aumento de 5,1% em comparação a 2020.

Ainda de acordo com o estudo, o Brasil é o maior em receitas de jogos da América Latina e ocupa a 12º colocação no mundo. E os bons resultados no país são impulsionados principalmente por conta dos games para dispositivos mobile , que representam 47% do mercado. Os títulos para consoles chegam a 29%, enquanto jogos para PC são 24%.

Você viu?

A Newzoo ainda acrescentou que o meio mobile impulsiona não somente o Brasil, mas todo o mercado global de jogos. Para a empresa, o hardware dos dispositivos está se tornando mais sofisticado, e a infraestrutura da rede móvel e fixa está melhorando em todos os países do mundo. Os aparelhos móveis são o principal, ou até o único meio de jogo para determinados grupos demográficos.

Os títulos do gênero battle royale como Fortnite , PUBG e Clash Royale são os que geram maior receita em terras brasileiras.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana