AGRO & NEGÓCIO

Manejo do solo e sustentabilidade é tema de curso gratuito oferecido pela Embrapa

Publicado


.

Estão abertas no período entre 04/06/2020 e 29/06/2020 as vagas para o curso “Manejo do solo com foco em sistemas integrados de produção”. Oferecida na modalidade a distância pela Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), a capacitação é totalmente gratuita e é voltada para técnicos, estudantes, produtores e demais profissionais que atuam no setor agropecuário.

O treinamento será oferecido no ambiente virtual de aprendizagem da Embrapa (Plataforma e-Campo), com vagas limitadas e emissão de certificado, de acordo com o cumprimento de determinadas condições. O conteúdo do curso é composto por tópicos relacionados ao condicionamento do solo; à erosão; à construção de fertilidade; aos sistemas de preparo; e à compactação do solo.

De acordo com o pesquisador Ramon Alvarenga, coordenador técnico, um dos objetivos é mostrar ao aluno a importância do manejo do solo como a base da sustentabilidade dos sistemas integrados de produção. “Conhecer as etapas necessárias para um bom condicionamento do solo, descrever os tipos de erosão, as formas de manifestação e as práticas conservacionistas e adquirir uma visão geral sobre as etapas para construção da fertilidade, assim como dos sistemas de preparo, são também nossas metas”, adianta.

O curso, oferecido na modalidade autoinstrucional (não havendo tutoria técnico-científica), tem carga horária de 10 horas, e o participante terá 30 dias para concluir o treinamento a partir da data de inscrição. Assista ao vídeo gravado pelo pesquisador Ramon Costa Alvarenga. Clique no link www.youtube.com/watch?v=Ya55O2lJZBk&feature=youtu.be .

 

Serviço:

Curso: Manejo do solo com foco em sistemas integrados de produção

Realização: Embrapa Milho e Sorgo

Vitrine de Capacitações on-line Embrapa:  www.embrapa.br/e-campo 

Período de realização: inscrições a partir de 04/06/2020

Investimento: gratuito

Mais informações pelo e-mail: [email protected] 

Inscrições pelo link: www.embrapa.br/e-campo 

 

Pesquisadores conteudistas (minicurrículos estão nos links abaixo):

Ramon Costa Alvarenga

Alexandre Martins Abdão dos Passos

Antônio Marcos Coelho

Manoel Ricardo de Albuquerque Filho

Álvaro Vilela de Resende

Miguel Marques Gontijo Neto

Emerson Borghi

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
publicidade

AGRO & NEGÓCIO

Dia Mundial do Chocolate: nutricionista explica os benefícios

Rico em vitaminas C e E, minerais como o cálcio, fósforo, ferro, potássio e sódio, o cacau, matéria-prima do chocolate, contém ainda uma boa quantidade de fibras e carboidratos. Outro elemento presente, a feniletilamina é conhecida por causar a sensação de bem-estar.

Publicado

Por Luciane Mildenberger

Capaz de trazer boas sensações e alegrar alguém especial, como um presente, o chocolate apresenta benefícios à saúde se consumido adequadamente. Para comemorar o Dia Mundial do Chocolate, nesta terça-feira (07.07), a nutricionista do Fort Atacadista de Mato Grosso, Rafaela Curcino Moreira, recomenda o chocolate, com moderação. Ela destaca os benefícios do produto para o nosso dia a dia.

Rico em vitaminas C e E, minerais como o cálcio, fósforo, ferro, potássio e sódio, o cacau, matéria-prima do chocolate, contém ainda uma boa quantidade de fibras e carboidratos. Outro elemento presente, a feniletilamina é conhecida por causar a sensação de bem-estar. “É a substância que o nosso cérebro produz quando se encontra apaixonado”, explica a nutricionista.

Fonte de energia, o chocolate alivia o estresse, combate a ansiedade, ajuda o raciocínio e até mesmo melhora o humor, com a liberação de serotonina, conhecido como “hormônio da felicidade”. A recomendação, diz Rafaela, é comer o chocolate com a maior porcentagem de cacau possível, acima de 55%, no mínimo. “O amargo ou meio amargo, são as melhores opções”, esclarece.

Outros benefícios do consumo de chocolate com mais de 70% de cacau é a diminuição de inflamações e a melhora da imunidade. “Os flavonóides presentes no cacau são potentes antioxidantes e agentes antiinflamatórios, apontam pesquisas”, cita a nutricionista, que acrescenta também que o consumo pela manhã e no final da tarde alivia o estresse. “São períodos que temos picos de cortisol, que provocam o estresse. O consumo do chocolate nesses horários consegue equilibrar esse efeito”, explica.

Entretanto, conforme a nutricionista, mesmo os chocolates com maior teor de cacau são calóricos e possuem açúcares, então devem ser consumidos com cautela. O segredo, diz ela, está no equilíbrio. “Uma porção de 6 a 30 gramas por dia não atrapalha uma alimentação equilibrada”.

A produtora executiva de cinema, Bárbara Varela, é uma chocólatra assumida. “Celebrar o dia do chocolate se deliciando com um, é celebrar a vida, a alegria. E nessa pandemia, não da para ficar sem, pelo menos um por dia”, comenta.

Nas lojas do Fort Atacadista em Cuiabá e Várzea Grande o consumidor encontra uma variedade de chocolates e diferentes marcas que agradam todos os paladares. Desde o amargo, meio amargo aos mais doces, as unidades oferecem diferentes formas, cores e sabores de chocolate, alimento descrito pelo povo Maia como “elixir dos deuses”.

As lojas da rede em Cuiabá estão localizadas nas Avenidas Miguel Sutil e Fernando Corrêa da Costa e, em Várzea Grande, na Avenida da FEB. O Fort cumpre todas as recomendações e protocolos de saúde dos órgãos oficiais contra o coronavírus. O horário de funcionamento das lojas é segunda a domingo, das 7h às 21h, em Cuiabá, e das 6h30 às 19h30, em Várzea Grande. 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana